Palmas, 22/11/2017

Economia

E-commerce

Atlas divulga estudo sobre o e-commerce brasileiro e destaca crescimento das vendas via smartphones

  • Está provado que nenhuma empresa consegue crescer sem usufruir da inteligência provinda pela análise de dados, e isso é ainda mais forte no e-commerce

Atlas divulga estudo sobre o e-commerce brasileiro e destaca crescimento das vendas via smartphones



SÃO PAULO, 14 de julho de 2017 -- Está provado que nenhuma empresa consegue crescer sem usufruir da inteligência provinda pela análise de dados, e isso é ainda mais forte no e-commerce.

O Atlas, www.neoatlas.com.br, é uma solução de inteligência para e-commerce, gratuita, que tem como objetivo auxiliar as lojas virtuais a alavancarem suas vendas através de uma análise de dados eficiente.

Sua importância para o mercado acaba de ser reconhecida. O Atlas acaba de ser indicado como finalista, na categoria OPERAÇÃO, ao Prêmio E-commerce Brasil de inovação, o mais importante da área.

E-commerce Radar: o mais completo estudo sobre o comércio eletrônico brasileiro

Ampliando sua marca de facilitador, o ATLAS acaba de disponibilizar, também gratuitamente, o E-commerce Radar o mais completo estudo sobre o comércio eletrônico brasileiro, tendo como foco a divulgação de dados e informações práticas para auxiliar os comerciantes no crescimento de seu mercado.

Faz parte desta primeira edição os resultados consolidados do primeiro semestre de 2017. O objetivo é trazer um entendimento sobre as variáveis que influenciaram tal desempenho e, a partir daí traçar os caminhos para a evolução, de cada negócio e também de todo o setor, no próximo semestre.

Além do rico material, o E-commerce Radar também traz análises e comentários de grandes profissionais da área, como o Mauricio Salvador (presidente da ABComm - Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) e do Paulo Schiavon, diretor de Online Business Latin America da Samsung.

Um dos dados importantes que o E-commerce Radar traz é que 31% das vendas online aconteceu via dispositivos móveis no 1º semestre de 2017. Isso representa mais um crescimento expressivo da participação das vendas mobile, considerando que em 2015 a participação dos dispositivos móveis foi de 12% e em 2016, 21,5%.

Entre outros dados abordados estão:

  • Qual é o perfil dos consumidores brasileiros geral e por categoria;
  • Qual é o desempenho de conversão e representação de vendas dos estados e principais cidades;
  • Como está o desempenho de navegação dos e-commerces;
  • Qual é a participação dos dispositivos móveis e qual sua efetividade geral e por categoria;
  • Qual é a taxa de abandono de carrinho por categoria;
  • Como estão os indicadores de itens por pedido e ticket médio;
  • Quais as principais origens de tráfego e vendas;
  • Qual é a representação em vendas dos dispositivos por origem de tráfego;
  • Quais são as principais formas de pagamento;
  • O quanto as campanhas de frete grátis representam do todo.
Estes diversos indicadores são importantíssimos para que os e-commerces identifiquem seu posicionamento no mercado e as alternativas disponíveis para o seu crescimento através do aumento das vendas.

Baixe e comprove: http://hotsite.neoatlas.com.br/ecommerce-radar


FONTE Atlas


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus