Palmas, 24/11/2017

Economia

Estados Unidos

Economia estável tem atraído investidores brasileiros para o mercado de franquia nos Estados Unidos

  • Modelo de negócio já definido e lucratividade em dólar chama atenção de empresários


Franquia é um modelo de negócio que já possui um planejamento pronto e uma marca reconhecida pelo seu consumidor, garantindo solidez e rentabilidade financeira. E aqueles que se lançam no mercado americano, além do apoio do franqueador, têm a sua lucratividade em dólar e também podem solicitar um visto de permanência.

De acordo com Daniel Toledo, advogado especialista em direito de imigração, negócios, e diretor da Loyalty consultoria, para quem deseja investir neste segmento há diversos formatos e custos disponíveis. Mas antes da implantação, é preciso traçar um estudo aprofundado, levando em consideração o local, área de atuação, autorização, registros e pesquisas para que a empresa possa funcionar. "A sugestão é que o investimento seja a partir de 100 mil dólares, para que a empresa tenha uma estrutura sólida", destaca.

Segundo o consultor, outra vantagem das franquias é que mesmo em caso de recessão, a maioria consegue seguir em frente com as suas atividades. " Boa parte dos investidores buscam essas redes pela segurança. Quando você faz parte de um grupo, são vários profissionais, e de diversas áreas, que sempre ofertarão uma solução prática. A criatividade coletiva, muitas vezes, traz resultados melhores e mais rápidos", aponta Daniel.

A Loyalty já atendeu mais de 23 processos de franquias brasileiras nos Estados Unidos, cinco em Portugal, duas na Itália e uma na Espanha. " A nossa equipe já planejou o processo de empresas também na Florida, Texas e Nova York. Comidas brasileiras, em especial doces e salgados, são as preferidas dos investidores", avalia Toledo.

Muitos acreditam que o estado da Flórida seja o local ideal, seja pelo clima ou pela quantidade de latinos e brasileiros, mas Daniel explica que nem sempre esses fatores devem ser levados em consideração no momento de implantar um negócio. "A equipe de multiprofissionais tem o papel justamente de encontrar o equilíbrio entre o que o cliente deseja e o melhor para o negócio. Conciliar os dois pontos seria o plano ideal, porém, é preciso ter consciência de que o sucesso vai depender da saúde financeira da empresa. Além disso, há outras possibilidades que podem tornar o custo mais acessível", avalia o consultor.

A legislação Americana é mais permissiva e menos burocrática do que a Brasileira. Há coisas que são permitidas nos EUA, que a burocracia brasileira veta.

Além de ganhos em dólares e o respaldo de uma economia forte, abrir uma franquia pode render um visto de permanência. "O investimento pode culminar em uma permanência, mas vale lembrar que cada caso deve ser analisado de forma única e por um profissional habilitado e com experiencia comprovada", destaca.

*Daniel Toledo é advogado e sócio fundador da Loyalty Miami. A consultoria que atua há 11 anos no segmento de obtenção de vistos e transferências de executivos realiza, em média, cinco atendimentos por dia. Em 2016, foram mais de 150 processos. Para mais informações, acesse: http://www.loyalty.miami/inicio.html; contato@loyalty.miami ou pelo +1 (305) 988.2283


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus