Palmas, 23/01/2018

Economia

Economia

Gasto do turista estrangeiro é o maior do semestre

  • No acumulado de janeiro a novembro, os turistas internacionais deixaram US$ 5,31 bilh√Ķes nos destinos brasileiros

Gasto do turista estrangeiro é o maior do semestre



O gasto de turistas estrangeiros no Brasil, em novembro, foi o maior registrado no segundo semestre deste ano. A receita cambial do turismo alcan√ßou US$ 485 milh√Ķes, o equivalente a um aumento de 2,62%, na compara√ß√£o com o mesmo m√™s de 2016, quando os visitantes internacionais deixaram US$ 472 milh√Ķes nos destinos brasileiros.

√Č o segundo m√™s consecutivo neste semestre que a receita cambial do turismo supera os resultados de 2016. Em outubro, o crescimento foi de 6,69%, um dos maiores do ano. Mesmo assim, no acumulado de janeiro a novembro, o gasto dos turistas internacionais alcan√ßou US$ 5,3 bilh√Ķes, ainda inferior ao apurado no ano passado.

"Este ano come√ßamos a implantar o visto eletr√īnico para alguns pa√≠ses e avan√ßamos tamb√©m na discuss√£o para ampliar a conectividade a√©rea, medidas que acreditamos que ir√£o contribuir de maneira significativa para o crescimento da vinda de turistas estrangeiros para o pa√≠s e, consequentemente, para o crescimento da receita cambial", comentou o ministro do Turismo, Marx Beltr√£o.

Enquanto a receita cambial apresenta t√≠mido crescimento, a despesa acumulou alta de 32,51% em novembro. Os brasileiros gastaram no exterior US$ 1,59 bilh√£o, contra US$ 1,2 bilh√£o registrado no mesmo m√™s de 2016. No acumulado do ano, a despesa cambial chega a US$ 17,38 bilh√Ķes ou 32,6% maior que em 2016, segundo dados do Banco Central. Atualmente, o d√©ficit da balan√ßa comercial do turismo √© de US$12 bilh√Ķes. Essa √© a diferen√ßa entre o que o brasileiro gasta fora do pa√≠s e o que os estrangeiros injetam na economia brasileira.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus