Palmas, 13/12/2017

Economia

Estado

Parceria entre Ruraltins e Banco do Empreendedor possibilitará agentes de créditos no interior do Estado

  • O presidente do BEM, Acy Fontes, destaca que a cooperação é de grande valia para impulsionar a concessão de empréstimos para todas as regiões do Estado

Renata Egyto

Parceria entre Ruraltins e Banco do Empreendedor possibilitará agentes de créditos no interior do Estado



Cristiane Lima

Um encontro entre o presidente do Ruraltins, Pedro Dias, e o presidente do Banco do Empreendedor do Tocantins – BEM, Acy de Carvalho Fontes, ocorrido esta semana, selou a parceria entre os dois órgãos para ampliação dos atendimentos do Banco do Empreendedor pelo interior do Estado.

Por meio de um termo de parceria que será firmado entre as duas intuições, servidores da área administrativa contratados pelo Ruraltins serão aproveitados na função de agentes de crédito do Banco para impulsionar a concessão de empréstimos a microempreendedores pelo interior do Estado, especialmente no segmento rural.

O presidente do BEM, Acy Fontes, destaca que a cooperação é de grande valia para impulsionar a concessão de empréstimos para todas as regiões do Estado. "Essa parceria vem de encontro a um desejo antigo de expansão do trabalho do Banco e de poder chegar cada vez mais próximo de quem mais precisa de um empréstimo do Banco do Empreendedor", comemora a gestor, explicando que a ideia é criar unidades regionais de atendimento que atendam aos 139 municípios tocantinenses.

Para o presidente do Ruraltins, Pedro Dias, o acordo beneficiará diretamente os agricultores que vivem nos cinturões verdes dos municípios tocantinenses e que já desenvolvem alguma atividade produtiva. "Esse trabalho conjunto pode facilitar o acesso dessas pessoas às linhas de crédito disponíveis no Banco do Empreendedor, para que possam ampliar seu pequeno negócio. O Ruraltins tem condições de identificar quem seriam esses agricultores, além de prestar atendimento adequado ao perfil de cada um", disse o gestor.

Em Araguaína e Gurupi, onde o Banco do Empreendedor já possui atendimentos por meio das unidades do É pra Já, Acy explica que os atendimentos seriam potencializados, já que o processo de concessão de empréstimo ganha em agilidade, com um agente de crédito realizando a visita in loco no empreendimento. O gestor explica que antes dos atendimentos iniciarem-se, o Banco deve promover uma capacitação para todos estes agentes em Palmas. (Com colaboração da Ascom/Ruraltins)


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus