Palmas, 22/11/2017

Economia

Turismo Rural

Ruraltins apoia agricultores familiares de Miracema a investirem no turismo rural

  • De acordo com o ge√≥grafo da Unidade Local do Ruraltins em Miracema, Gylhemberg Santiago, o objetivo da visita foi pensar e criar estrat√©gias de desenvolvimento sustent√°vel para o ecoturismo

Carina Gessika Monte

Ruraltins apoia agricultores familiares de Miracema a investirem no turismo rural



Alaides Cardoso/Governo do Tocantins

Incentivar o desenvolvimento sustent√°vel e fomentar a gera√ß√£o de emprego e renda no campo s√£o objetivos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins). Com base nisso, extensionistas da Regional do √≥rg√£o em Miracema, realizaram no s√°bado, 8, uma visita √† Serra da Bandeira, localizada nas proximidades das comunidades Ilha da Ema e Pil√Ķes, para conhecerem as potencialidades tur√≠sticas do local.

De acordo com o ge√≥grafo da Unidade Local do Ruraltins em Miracema, Gylhemberg Santiago, o objetivo da visita foi pensar e criar estrat√©gias de desenvolvimento sustent√°vel para o ecoturismo. "√Č um projeto que o Ruraltins est√° elaborando junto com os produtores e a visita foi justamente para observar as quest√Ķes geol√≥gicas, a fauna e a flora; as possibilidades de acesso; identificar locais para a cria√ß√£o de trilhas e acampamento; paisagismos, dentre outros. Esse primeiro momento foi para levantar ideias, apontar dificuldades, firmar parcerias, como tamb√©m dar visibilidade a este projeto", disse o ge√≥grafo.

A economista doméstico Carina Géssika, também de Miracema, acrescenta que a experiência foi bastante produtiva e resultou na percepção de novas possibilidades de desenvolvimento da região, como por exemplo, ampliar a produção agroecológica, agregar valor aos produtos e serviços locais gerando renda e proporcionando qualidade de vida para as famílias das comunidades, além de proporcionar momentos de lazer aos visitantes e admiradores da natureza.

"√Č grande satisfa√ß√£o fazer parte do incentivo e apoio desse projeto, que venho acompanhando por meio da Chamada P√ļblica de Agroecologia [Lote 47], iniciado h√° dois anos, e perceber que, como institui√ß√£o de extens√£o rural, podemos contribuir com ideias e estrat√©gias, na tentativa de fortalecer o trabalho associado nas comunidades Ilha da Ema e Pil√Ķes", ressaltou a economista dom√©stico.

O produtor Cristóvão Feitosa, morador da comunidade e idealizador do projeto, afirma que o local apresenta grande potencial, como a vista do alto da Serra da Bandeira, alimentação caseira feita no fogão à lenha, a proximidade com o lago, a promoção de eventos esportivos como cavalgada e passeio de barco.

"Diante de tantas dificuldades que o pa√≠s vem enfrentando, √†s vezes n√£o percebemos o grande potencial que temos a nossa volta. Foi por isso que hoje, marcamos uma visita√ß√£o com um p√ļblico espec√≠fico com o intuito de contribuir com ideias de desenvolvimento para a regi√£o. Esse j√° era um sonho antigo, e ap√≥s reuni√Ķes que o Ruraltins realizou aqui na comunidade, incentivou bastante para que realiz√°ssemos esse sonho. E hoje foi dado um primeiro passo, no sentido de nos juntarmos para alcan√ßar nossos objetivos", concluiu o produtor.

A visita à Serra da Bandeira contou com a participação de oito pessoas, entre extensionistas, estudantes e produtores rurais. Após a visita, Ruraltins e produtores irão buscar recursos por meio de editais, para subsidiar a implantação e estratégias de desenvolvimento do proposto projeto.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus