Palmas, 22/11/2017

Especial

IUC-LAC

Em cumprimento à agenda no exterior, Amastha discute mudanças climáticas na Alemanha

  • Para Amastha, participar de eventos desta natureza no exterior vai contribuir para agregar conhecimento à gestão e, com isso, aprimorar os projetos da gestão municipal em Palmas.

Em cumprimento à agenda no exterior, Amastha discute mudanças climáticas na Alemanha



O prefeito de Palmas Carlos Amastha participa neste sábado, 11, de debate sobre mudanças climáticas, em Bonn, na Alemanha. O chefe do poder executivo municipal, que é vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), integra comitiva de gestores de municípios brasileiros, como Salvador (BA), São Leopoldo (RS), Araripina (PE), e Belo Horizonte (MG), que estão trocando experiências sobre como tornar as cidades mais sustentáveis e inteligentes.  Durante o evento,  também será lançado o Programa Europeu de Cooperação Urbana Internacional (IUC-LAC), que envolve cidades e consórcios públicos com o objetivo de discutir práticas relevantes, e promover o diálogo construtivo entre especialistas e autoridades municipais.

Para Amastha, participar de eventos desta natureza no exterior vai contribuir para agregar conhecimento à gestão e, com isso, aprimorar os projetos da gestão municipal em Palmas. “Estamos conhecendo boas práticas que contribuem para a sustentabilidade das cidades. Essa troca de experiências é fundamental para que Palmas se insira ainda mais no cenário mundial como uma cidade que busca o desenvolvimento, preservando o meio ambiente, que é tão fundamental para a vida de todos os cidadãos", avaliou Amastha.

O prefeito reforçou ainda que vai divulgar ações da gestão municipal dedicadas à sustentabilidade, como o projeto Pé de Sombra, que irá realizar o plantio de 36 mil mudas de plantas nativas  para ampliação da arborização da cidade, e o já premiado Palmas Solar, que incentiva o uso de energia fotovoltaica. “Palmas está seguindo o caminho certo e já vem sendo reconhecida como uma cidade inteligente e sustentável. É preciso mudar a matriz energética das nossas cidades para enfrentar as mudanças climáticas”, disse Amastha.

Para o secretário executivo da FNP, Gilberto Perre, a participação da comitiva da FNP vai consolidar ainda mais a atuação das gestões municipais.“A formação de grupos de prefeitos como atores que pensam coletivamente é fundamental para o desenvolvimento sustentável", declarou.

Agenda
Neste domingo, 12,  Amastha segue participando da 23ª Conferência do Clima da ONU (COP 23), em Bonn (Alemanha). Em seguida, na segunda-feira, 13, será a vez do Smart City Expo World Congress, em Barcelona, na Espanha.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus