Palmas, 11/12/2017

Especial

CB27

Presidente da FMA debate licenciamento ambiental em encontro do CB27

  • O tema do XI Encontro do CB27 é Licenciamento Ambiental nas Capitais Brasileiras e deve abrir espaço para apresentação dos gestores nacionais sobre o licenciamento como uma ferramenta para envolver empreendedores na agenda sustentável

Presidente da FMA debate licenciamento ambiental em encontro do CB27



Georgethe Pinheiro

Com o objetivo de discutir e trocar experiências sobre os processos de licenciamento ambiental, Evercino Moura dos Santos Júnior, presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), representa Palmas no o XI Encontro Nacional do Fórum de Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras – CB27, que acontece no período de 30 de julho a 1º de agosto em João Pessoa (PB). O gestor é também o representante da região Norte no fórum.
 
O tema do XI Encontro do CB27 é Licenciamento Ambiental nas Capitais Brasileiras e deve abrir espaço para apresentação dos gestores nacionais sobre o licenciamento como uma ferramenta para envolver empreendedores na agenda sustentável.
 
Participam do Encontro todos os 27 secretários de meio ambiente das capitais brasileiras, que estão tendo a oportunidade de vivenciar um intercâmbio sobre práticas de sucesso em suas cidades, debater projetos de lei, entre outros assuntos relacionados à gestão do meio ambiente, conforme informações divulgadas pela organização do evento. Também estão presentes representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Fundação Getúlio Vargas e SOS Mata Atlântica.
 
O Fórum de Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras, CB27, foi criado durante o processo de preparação das cidades para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em maio de 2012, com o objetivo de promover a articulação política e a cooperação entre as capitais, em especial buscando soluções para os problemas ambientais comuns das cidades brasileiras, com foco no tema do enfrentamento às mudanças climáticas. O Fórum tem apoio da Fundação alemã Konrad Adenauer e do ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade.
 
Para o presidente da FMA, Evercino Moura, estes encontros são necessários porque é possível a atualização e o conhecimento de boas práticas para a gestão ambiental. "O resultado do CB27 é sempre muito positivo, muitas coisas que estamos implementando como política pública para a preservação ambiental pode ser enriquecida com a experiência de outras capitais. Ao mesmo tempo, podemos oferecer nossos conhecimentos para serem utilizados em outras cidades brasileiras.", destacou.
 
Konrad
 
A Fundação Konrad Adenauer (KAS) é uma fundação política alemã, independente e sem fins lucrativos, que atua com base nos valores da União Democrata-Cristã (CDU), partido político alemão, promovendo a Democracia, o Estado de Direito, os Direitos Humanos e a Educação Política, bem como a Economia Social de Mercado e o desenvolvimento descentralizado e sustentável. A Fundação está presente no Brasil desde 1969, reunindo lideranças e formadores de opinião no universo acadêmico, trabalhando sempre com parceiros locais, incentivando o diálogo sobre os principais desafios do País.
 
(Com informações da KAS)
 
ICLEI
 
Governos Locais pela Sustentabilidade é a principal associação mundial de governos locais, dedicados ao desenvolvimento sustentável, cuja rede global conecta mais de 1.500 governos de estados e cidades de diversos portes, em mais de cem países. Movido pela causa de mobilizar os governos locais para construir cidades mais sustentáveis, o ICLEI oferece apoio para que desenvolvam suas políticas e ações pela sustentabilidade. Orienta-se pela premissa básica de que iniciativas elaboradas e dirigidas localmente podem fornecer uma maneira eficaz e economicamente eficiente para alcançar objetivos locais, nacionais e globais.

(Com informações do ICLEI)


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus