Palmas, 23/09/2017

Esporte

Oi Rio Pro 2017

Adriano “Mineirinho” de Souza é campeão do Oi Rio Pro 2017

  • Surfista paulista patrocinado pela Oi venceu o australiano Adrian Buchan na grande final e subiu para a vice-liderança do ranking da WSL; Oi montou ampla estrutura para fornecer rede de telecomunicações e TI para o campeonato

Adriano “Mineirinho” de Souza é campeão do Oi Rio Pro 2017



Brasil, 18 de maio de 2017 - Com uma atuação espetacular durante todo o campeonato o campeão mundial de surfe de 2015, o brasileiro Adriano "Mineirinho" de Souza, surfista do Time Oi, levou o público ao delírio nas areias da praia de Itaúna e venceu a grande final do Oi Rio Pro 2017, etapa do Championship Tour, encerrada na tarde desta quarta-feira (17), em Saquarema (RJ). Essa foi a segunda vitória brasileira em três edições do Oi Rio Pro, a primeira foi em 2015 com Filipe Toledo.
 
Com boas ondas de um metro e meio e séries pouco maiores, com formação regular, Mineirinho, com um surfe muito consistente, fez uma grande bateria final contra o australiano Adrian "Ace" Buchan e venceu por 17,63 a 17,23. O australiano fez de tudo para surfar a altura de Adriano na final, mas não foi possível parar a máquina brasileira que acabou invicto na competição vencendo todas as baterias que disputou. Em êxtase, a torcida brasileira comemorou nas areias de Itaúna a vitória de nosso campeão que pulou para a vice-liderança do ranking da Liga Mundial de Surfe com 24 .400 pontos, agora colado no líder, o havaiano John John Florence, com 24.750 pontos. Os demais brasileiros com melhor colocação na etapa do Rio foram o catarinense Yago Dora, revelação do campeonato, que ficou na 3ª colocação e Gabriel Medina e Wigolly Dantas que ficaram em 9º lugar. A próxima etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL) será realizada em Tavarua, Fiji, de 04 a 16 de junho. Gabriel Medina, atleta do Time Oi, defende o título da etapa que conquistou em 2016.
 
Oi forneceu rede de infraestrutura de telecom e TI para o campeonato
 
A Oi montou ampla estrutura para fornecer rede de telecomunicações e TI para a etapa brasileira do circuito mundial de surfe, o Oi Rio Pro, em Saquarema, na Região dos Lagos. Em nove dias de evento, a companhia registrou um volume de tráfego de 51 Giga na rede montada no local. O volume equivale a 14.000 fotos de alta resolução e 56.000 fotos de baixa resolução. A Oi disponibilizou Wi-Fi para o público, totalizando 8 mil conexões.
 
A companhia disponibilizou para a WSL links de dados totalizando 400 Mega nas duas sedes do evento, na Praia de Itaúna e na Barrinha, usados em diversas áreas do evento, incluindo cabine de jurados e sala de imprensa. A Oi ainda disponibilizou links de 200 mega para o Oi WiFi, aberto ao público presente. Para oferecer toda a infra de telecom e TI para o Oi Rio Pro, a Oi mobilizou colaboradores de diversas áreas na montagem e no planejamento do evento, que levou equipes para Saquarema, três semanas antes do início da competição, proporcionando a disponibilidade de serviço de 100% nos dois sites durante todo período.  
 
A direção da WSL (World Surf League) elogiou o serviço da empresa e pretende usar o modelo de atendimento como referência para outras etapas do circuito mundial fora do Brasil.
 
"Mais uma vez contamos com a experiência da Oi para nos ajudar a oferecer uma experiência de nível mundial para os nossos fãs, tanto na praia como para quem está nos assistindo digitalmente. Seja pelo Wi-Fi oferecido para os nossos fãs na praia ou pela infraestrutura para entregar a nossa transmissão digital para milhões de fãs em todo o mundo, a equipe da Oi é uma parte essencial do sucesso operacional deste evento", disse Xandi Fontes, General Manager da World Surf League na América do Sul. 
 
A cobertura das redes móveis 2G, 3G e 4G foi reforçada com a instalação de antenas e equipamentos extras espalhados por toda a estrutura do evento. A companhia ofereceu internet wi-fi para a área dos atletas e área vip. A Oi também forneceu para a WSL internet de alta velocidade, com e sem fio, e serviço de suporte ao usuário na sala de imprensa do evento, que incluiu links para demandas de internet, como transmissão de fotos e vídeos para todo o mundo. A rede da Oi foi ininterruptamente monitorada por técnicos a partir de salas de controle localizadas na sede do Oi Rio Pro e no Centro de Gerência de Serviços da companhia.
 
Ações da Oi em Saquarema
 
Além de oferecer Oi WiFi, e oferecer guarda sol e poltronas na praia, a Oi esteve presente na Casa Flutuar, onde o artista Filipe Fri customizou a prancha do campeão Adriano de Souza, e a artista Aline Solozabal, por sua vez, a da campeã Tyler Wright. Filipe foi descoberto através de uma rede social pela Brick Lane Gallery, de Londres, que levou o trabalho do artista para a Europa. Aline faz composições com diferentes texturas. Para ajudar a desenhar esse troféu recebido pelos 2 campeões, os fãs usaram as redes sociais com a hashtag #JuntoComATempestade. Os melhores momentos da Oi Rio Pro 2017 nas redes sociais estão nas duas pranchas, repetindo uma ação da Oi que fez sucesso no ano passado.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus