.

Palmas, 23/04/2017

Esporte

Vôlei

SUPERLIGA FEMININA 16/17: Terracap/BRB/Brasília Vôlei quebra a invencibilidade do Dentil/Praia Clube

  • Time candango superou a equipe mineira por 3 sets a 0, em Uberlândia. Central Roberta se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei

Divulgação/Dentil

SUPERLIGA FEMININA 16/17: Terracap/BRB/Brasília Vôlei quebra a invencibilidade do Dentil/Praia Clube



O Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) acabou com a invencibilidade do Dentil/Praia Clube (MG) na Superliga feminina de vôlei 16/17. Na partida de abertura da sétima rodada do turno da competição, nesta quarta-feira (30.11), o time candango venceu a equipe mineira por 3 sets a 0 (25/21, 25/21 e 25/16), em 1h31 de jogo, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). Foi a quarta vitória consecutiva da equipe comandado pelo treinador Anderson. Antes do duelo, as equipes fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas no acidente com o avião da Chapecoense.

O resultado colocou o Terracap/BRB/Brasília Vôlei em segundo lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitórias e uma derrota). O Dentil/Praia Clube caiu para o terceiro lugar, com a mesma pontuação do time candango, mas com um pior saldo de sets. O Rexona-Sesc (RJ), que ainda jogará nesta sexta-feira pela sétima rodada, segue na liderança, com 18 pontos e sem derrotas.

A central Roberta, do Terracap/BRB/Brasília Vôlei, se destacou, foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. A atacante comentou sobre a atuação do time candango.

"Nossa concentração tem sido essencial para esse momento. Estamos obedecendo as táticas propostas pelo Anderson e isso tem dado resultado. O dia a dia da nossa equipe é muito positivo e os resultados estão aparecendo", afirmou Roberta, que também enviou condolências para as vítimas na tragédia com o avião da Chapecoense.

"Nós somos atletas e temos uma vida muito parecida com a deles. Na hora que o acidente foi divulgado minha mãe me ligou e conversamos. Só tenho que prestar minha solidariedade e dar muita força para todos os envolvidos nessa tragédia", disse Roberta.

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, a oposta Carla lamentou a derrota e a atuação do time da casa.

"Não querendo desmerecer o Terracap/BRB/Brasília Vôlei que jogou muito bem, hoje não conseguimos fazer uma boa partida e não repetimos as nossas últimas atuações", explicou Carla.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima semana. O Dentil/Praia Clube jogará com o Vôlei Nestlé (SP), às 21h30, na sexta-feira (09.12), no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). O SporTV transmitirá ao vivo. Já o Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) enfrentará o Rexona-Sesc (RJ), às 21h55, na quinta-feira (08.12), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo da RedeTV.

O JOGO

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei começou melhor e fez 2/0. Com um ponto de saque da central Vivian, o time candango manteve a vantagem (8/6). As visitantes seguiram melhores, fizeram 11/7 e o treinador Ricardo Picinin pediu tempo. A paralização fez bem às donas da casa que empataram (12/12). Numa boa sequência de saques da oposta Andréia, o time candango abriu cinco pontos (22/17). O Terracap/BRB/Brasília Vôlei continuou melhor e fechou o primeiro set por 25/21.

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei seguiu melhor no início do segundo set e fez 6/0. Jogando com velocidade, o time candango se manteve melhor e fez 14/7. Se aproveitando dos erros das visitantes, o time mineiro encostou (16/14). O Terracap/BRB/Brasília Vôlei foi melhor na parte final da parcial e venceu o segundo set por 25/21.

O Dentil/Praia Clube voltou melhor para o terceiro set e fez 6/4. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei liderado por uma boa atuação da central Roberta virou o marcador e abriu seis pontos (14/8). O time candango dominou a parcial até o final e venceu o terceiro set por 25/16 e o jogo por 3 sets a 0.

Outros jogos

A sétima rodada do turno terá mais quatro jogos nesta sexta-feira (02.12). Sesi-SP e Renata Valinhos/Country (SP) jogarão, às 19h, no ginásio do Sesi, em Santo André, em busca da primeira vitória na competição. Na sequência, às 19h30, dois duelos. O São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) enfrentará o Fluminense (RJ), no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP), e o Pinheiros (SP) terá pela frente o Genter Vôlei Bauru (SP), no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP). Logo depois, às 20h15, Rio do Sul (SC) duelará com o Rexona-Sesc (RJ), no José Mimoso, em Lages (SC).

O último jogo da rodada acontecerá no sábado (03.12), às 14h10, entre o Vôlei Nestlé (SP) e o Camponesa/Minas (MG).

EQUIPES:

Dentil/Praia Clube - Claudinha, Ramirez, Ellen, Michelle, Walewska e Natasha. Líbero - Tássia
Entraram - Malu, Carla e Jú Carrijo
Técnico - Ricardo Picinin

Terracap/BRB/Brasília Vôlei - Macris, Andréia, Paula Pequeno, Amanda, Roberta e Vivian. Líbero - Silvana
Entraram - Sabrina, Mari Hellen,
Técnico - Anderson

SUPERLIGA FEMININA 16/17

7ª RODADA TURNO

30.11 (QUARTA-FEIRA) - Dentil/Praia Clube (MG) 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (21/25, 21/25 e 16/25), às 19h, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) - SporTV
02.12 (SEXTA-FEIRA) - Sesi-SP x Renata Valinhos/Country (SP), às 19h, no ginásio do Sesi, em Santo André (SP)
02.12 (SEXTA-FEIRA) - São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) x Fluminense (RJ), às 19h30, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP)
02.12 (SEXTA-FEIRA) - Pinheiros (SP) x Genter Vôlei Bauru (SP), às 19h30, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP)
02.12 (SEXTA-FEIRA) - Rio do Sul (SC) x Rexona-Sesc (RJ), às 20h15, no Jones Mimoso, em Lages (SC)
03.12 (SÁBADO) - Vôlei Nestlé (SP) x Camponesa/Minas (MG), às 14h10, no José Liberatti, em Osasco (SP) - RedeTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus