Palmas, 13/12/2017

Estado

Aurora do TO

Aurora do Tocantins surge como nova fronteira turística do Estado

  • Regi√£o ecotur√≠stica do Sudeste tocantinense se prepara para divulgar os atrativos tur√≠sticos do munic√≠pio de Aurora

Paula Danielle

Aurora do Tocantins surge como nova fronteira turística do Estado



Wherbert Ara√ļjo/ Governo do Tocantins
 
Distante cerca de 500 quil√īmetros de Palmas, a pequena cidade de Aurora do Tocantins pode ser considerada a mais nova fronteira tur√≠stica do Estado. Depois do Jalap√£o, da Ilha do Bananal, Cant√£o e das praias do Araguaia e Tocantins, a pequena cidade, com menos de quatro mil habitantes, esconde mist√©rios e segredos em mais de 280 cavernas e grutas catalogadas, come√ßa agora a receber turistas e visitantes incentivados pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econ√īmico, Ci√™ncia, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), contando com o apoio estrat√©gico do Servi√ßo Brasileiro de Apoio √†s Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
 
Al√©m de rios de √°guas transparentes, cachoeiras, mirantes, dunas, montanhas e um povo gentil e acolhedor, a cidade de Aurora √© tamb√©m motivo de estudo acad√™mico devido √†s forma√ß√Ķes rochosas e os registros de f√≥sseis de animais pr√©-hist√≥ricos que viveram na regi√£o h√° milhares de anos. De acordo com o professor doutor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Fernando de Morais, al√©m de acad√™micos tocantinenses, pesquisadores de Minas Gerais, Rio de Janeiro e S√£o Paulo desenvolvem estudos na regi√£o. "N√≥s, da UFT, acompanhamos acad√™micos de mestrado na regi√£o, como tamb√©m trabalhamos em parceria com universidades federais dos demais estados", afirmou.
 
Despertar
 
Mas todo esse potencial ecotur√≠stico da cidade permaneceu escondido at√© agora. Durante muitos anos s√≥ havia divulga√ß√£o do complexo tur√≠stico do Rio Azuis, localizado a poucos quil√īmetros da sede do munic√≠pio. Com isso, apenas os moradores da cidade sabiam das belezas locais, mas n√£o encontravam divulga√ß√£o. Caso do pequeno empres√°rio Renato Martins, que durante toda a inf√Ęncia e adolesc√™ncia percorreu a regi√£o de bicicleta, a cavalo e at√© mesmo a p√©. "As pessoas chegavam pra mim perguntando como chegar a tal lugar e como n√£o encontravam uma pessoa para conduzir, acabei me tornando guia tur√≠stico meio que √† for√ßa", lembra. J√° para o jovem Paulo V√≠tor M√°ximo Rabelo, natural da regi√£o, as belezas naturais da propriedade de seus av√≥s despertaram nele o interesse pelo turismo sustent√°vel. Depois de viajar parte do Brasil e da Am√©rica do Sul, ele percebeu que era hora de voltar pra casa e buscar na propriedade familiar uma nova forma de renda e de tocar a vida. "Percebi que tinha um para√≠so natural na porta de casa. Ent√£o, estou investindo nesta √°rea. Vou abrir uma ag√™ncia de turismo e mais tarde at√© investir num hostel para receber mochileiros e amantes da natureza", ressaltou.
 
Investimentos
 
Para o ex-professor Nilton Almeida Tavares, a beleza da Fazenda Ribeir√£o, adquirida h√° cinco anos, fez com que ele percebesse que poderia encontrar uma fonte de renda com a abertura de sua propriedade para visita√ß√£o. O local ostenta um rio de √°gua transparente e uma bel√≠ssima cachoeira. Depois do incentivo da fam√≠lia, o professor decidiu abrir aos poucos a propriedade e em 2017 j√° recebeu cerca de 300 visitantes. "Ainda estamos aprendendo como receber as pessoas. Sei que precisamos investir em infraestrutura porque o local tem potencial para isso", argumenta. De fala pausada e com excelentes argumentos para quaisquer di√°logos, o professor √© tamb√©m um atrativo √† parte das belezas intactas presentes em sua propriedade, adornada pele vegeta√ß√£o de transi√ß√£o de biomas do cerrado e da caatinga. Quem tamb√©m est√° apostando na atividade ecotur√≠stica √© Niltinho, filho do professor. Vindo de experi√™ncias profissionais negativas em Goi√Ęnia (GO), ele agora se prepara pra trabalhar junto com a fam√≠lia na divulga√ß√£o do potencial da fazenda. "Aqui d√° para construir chal√©s, montar √°rea de camping e abrir trilhas de visita√ß√£o a cachoeiras. Tudo respeitando o Meio Ambiente", garantiu.
 
Contando apenas com um pequeno hotel, a cidade ainda carece de investimentos em receptivo e hotelaria. Pensando nesse vi√©s, o empres√°rio do ramo da sa√ļde, Alex Leandro Vieira de Sena, adaptou a propriedade herdada pelos pais e h√° dois meses come√ßou a receber turistas oferecendo conforto em 24 leitos distribu√≠dos pela casa. "Essa regi√£o √© muito bonita e carece de investimentos. O retorno certamente √© garantido. Basta ter divulga√ß√£o", explicou.
 
Saiba Mais
 
Localizada no extremo-sudeste do Estado, a pequena cidade de Aurora do Tocantins está próxima da divisa dos estados de Goiás e Bahia. Adornado pelas Serras Gerais, o município conta com pequenos restaurantes, supermercado e correspondentes bancários. Apesar de não contar com um Centro de Recepção ao Turista, no centro da cidade, na praça principal, o visitante pode visualizar fotos dos principais atrativos do município. Feito isso, é só ligar para um dos condutores e agendar os passeios.
 
Contatos
 
Renato Martins ‚Äď Condutor: (63) 99284 9447
Paulo M√°ximo ‚Äď Condutor (62) 99121 0347
Nilton Filho ‚Äď Hotel Fazenda Ribeir√£o (62) 99398 4474
Alex Vieira de Sena: Whatsapp: +55 ( 61) 99241 9003  www.recantoesplendor.com.br


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus