Palmas, 18/10/2017

Estado

Unidades de Sa√ļde

Estado supre 85% de abastecimento de materiais e medicamentos destinados as unidades de sa√ļde

  • Em 2015, o governador Marcelo Miranda determinou a implanta√ß√£o de um sistema de padroniza√ß√£o de medicamentos, que por meio da s√©rie hist√≥rica do consumo de cada hospital possibilita a compra correta

Nielcem Fernandes

Estado supre 85% de abastecimento de materiais e medicamentos destinados as unidades de sa√ļde



Camilla Negre/ Governo do Tocantins
 
O governador Marcelo Miranda acompanhado do secret√°rio de Estado da Sa√ļde, Marcos Musafir, e comitiva estiveram durante toda a manh√£ desta ter√ßa-feira, 08, visitando unidades da Secretaria de Sa√ļde. Um dos locais visitados e vistoriados pelo governador foram os pr√©dios do Estoque Regulador do Estado, onde ficam armazenados materiais e medicamentos destinados a atender as unidades de sa√ļde. Atualmente, o Estoque Regulador supre 85% de abastecimento de materiais e medicamentos necess√°rios nas unidades hospitalares.
 
"N√≥s j√° estivemos aqui antes e a situa√ß√£o era bem diferente. Hoje o que vemos √© resultado de planejamento e de comprometimento de toda equipe da Sa√ļde. Nos pr√≥ximos meses a meta √© chegar a 90% de abastecimento e isso √© motivo para nos alegrar, porque tudo resulta no bom atendimento ao paciente. Aproveito para convidar as pessoas para virem conhecer o Estoque, saberem como funciona, e verem como a realidade hoje √© outra", disse o governador.
 
Em 2015, o governador Marcelo Miranda determinou a implanta√ß√£o de um sistema de padroniza√ß√£o de medicamentos, que por meio da s√©rie hist√≥rica do consumo de cada hospital possibilita a compra correta. O superintendente de Aquisi√ß√Ķes, Estrat√©gia e Log√≠stica da Secretaria de Sa√ļde, Afonso Piva de Santana, destacou o trabalho de reorganiza√ß√£o do servi√ßo e informou que a Padroniza√ß√£o de Medicamentos da Rede Hospitalar Estadual no √Ęmbito do Sistema √önico de Sa√ļde (SUS) tem reduzido custos na aquisi√ß√£o de medicamentos e de manuten√ß√£o, simplificado as rotinas de aquisi√ß√£o e possibilitado maior controle de estoque na Secretaria de Estado da Sa√ļde.
 
"O nosso principal trabalho foi reorganizar o estoque por endere√ßamento e adequar a log√≠stica. O estoque controla se o hospital est√° utilizando corretamente os medicamentos por meio de nuvem e ferramentas de informatiza√ß√£o. Hoje temos 85 % do estoque abastecido e somos refer√™ncia no que diz respeito a controle. Todo pedido √© feito via sistema, o que garante economia aos cofres p√ļblicos e seguran√ßa para o paciente", explicou.
 
Mais 96 leitos

No Hospital Geral de Palmas (HGP), o governador vistoriou as obras do 3¬ļ piso onde ser√£o instalados mais 96 leitos de interna√ß√£o e as obras de amplia√ß√£o de mais quatro leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto e dois leitos de UTI Pedi√°trica. Atualmente o hospital j√° disp√Ķe de 26 leitos de UTI adulto e oito pedi√°tricos. A previs√£o de entrega desta obra √© para este semestre.
 
"Hoje o governador veio verificar a obra, pois a preocupa√ß√£o constante dele √© proporcionar uma sa√ļde digna e mais humanizada para a popula√ß√£o, inclusive com boas condi√ß√Ķes de trabalho para que os profissionais de sa√ļde possam atender melhor. S√£o 96 leitos que ser√£o entregues ainda neste m√™s e que v√£o fazer exatamente isso: contribuir para uma sa√ļde mais humanizada", disse o secret√°rio de Estado da Sa√ļde, Marcos Musafir.
 
Os novos leitos v√£o se juntar aos outros 96 leitos que j√° foram entregues pelo governador no √ļltimo m√™s de maio. A entrega destes leitos dispostos em 48 enfermarias de dois leitos mais confort√°veis e com banheiros amplos e adaptados acolheu os pacientes que antes ficavam no Anexo Provis√≥rio do hospital, uma tenda que era utilizada para interna√ß√£o desde o ano de 2013.
 
Na ocasi√£o, Marcelo Miranda destacou o trabalho que vem sendo feito na Sa√ļde e os avan√ßos que vem acontecendo na √°rea.  "Quem est√° trabalhando em prol da Sa√ļde merece nosso respeito e admira√ß√£o. Esses leitos que ser√£o entregues mostram que n√£o estamos acomodados. O secret√°rio Marcos Musafir, m√©dicos, enfermeiros, oper√°rios, toda equipe da Sa√ļde, estes que se dedicam no dia a dia t√™m minha gratid√£o. As coisas est√£o acontecendo, temos que melhorar mais e vamos melhorar. O que vimos hoje √© uma prova", disse.
 
A promotora de justi√ßa, Maria Roseli Pery, que acompanhou parte a visita no HGP ressaltou o saldo positivo para a popula√ß√£o. "A amplia√ß√£o do HGP vem n√£o s√≥ atender aquilo que √© responsabilidade do Estado, que √© garantir o direito a sa√ļde, mas tamb√©m, em parte, as demandas judiciais que j√° existem. O abastecimento de medicamentos j√° esteve ruim, mas melhorou muito, temos ainda enfrentado algumas situa√ß√Ķes, mas numa escala bem inferior. A gest√£o est√° evoluindo gradativamente, at√© porque existem medidas que necessitam de m√©dio e longo prazo para que se efetive em definitivo a garantia do direito a sa√ļde para todos", destacou. 
 
Vigil√Ęncia em Sa√ļde do Estado

Durante a manh√£, a comitiva tamb√©m esteve no pr√©dio onde funciona a Vigil√Ęncia em Sa√ļde, que passou por adequa√ß√£o estrutural. No novo espa√ßo agora h√° um mezanino que amplia a √°rea onde est√£o localizados o Laborat√≥rio de Inform√°tica e o N√ļcleo de Informa√ß√£o de Vigil√Ęncia em Sa√ļde.
 
"Neste espa√ßo s√£o trabalhadas as informa√ß√Ķes de sa√ļde, conseguimos ampliar o acesso dos munic√≠pios a informa√ß√£o, e a Secretaria de Sa√ļde consegue monitorar melhor os agravos e trabalhar na preven√ß√£o de v√°rias doen√ßas, contribuindo ainda mais para a qualidade de vida da popula√ß√£o tocantinense", disse a diretora estadual de Gest√£o da Vigil√Ęncia em Sa√ļde, Luciana Ferreira.
 
Com a adequa√ß√£o feita no pr√©dio, cada √°rea t√©cnica, agora, fica em um espec√≠fico andar, o que melhora o fluxo de trabalho e consequentemente as condi√ß√Ķes de trabalho para aperfei√ßoamento das a√ß√Ķes de sa√ļde.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus