Palmas, 13/12/2017

Estado

Rodovias

Governador autoriza elaboração de projetos para manutenção de mais de 1,3 mil quilômetros de rodovias

  • A Ordem de Serviço foi assinada pelo governador durante o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins, no Centro Educacional Municipal Laura do Carmo, em Taguatinga

Frederick Borges

Governador autoriza elaboração de projetos para manutenção de mais de 1,3 mil quilômetros de rodovias



Gisele França/Governo do Tocantins

O trabalho do Governo do Estado de conservação e manutenção das rodovias estaduais deu mais um importante passo nesta sexta-feira, 1º de dezembro. O governador Marcelo Miranda autorizou o início da elaboração de projetos de engenharia para reabilitação de manutenção de 1.382,86 km rodovias. A Ordem de Serviço foi assinada pelo governador durante o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins, no Centro Educacional Municipal Laura do Carmo, em Taguatinga.

Na ocasião, a palavra de ordem do governador foi agilidade. "Quero agilidade na elaboração dos projetos para avançarmos com as licitações e as obras", recomendou Marcelo Miranda.

Conforme lembrou o governador, com a junção da primeira e da segunda etapa do Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema), serão quase 3 mil quilômetros de estradas recuperadas. "Proporcionando, à população, perfeitas condições de tráfego", ressaltou.

Crema 2

A autorização representa o início da segunda etapa do Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema), do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (Pdris), uma parceria do Governo do Estado com o Banco Mundial.

Com investimento de R$ 4.071.316,32, as obras serão divididas em lotes, conforme as residências rodoviárias da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto).

Na região sudeste, por exemplo, o Crema 2ª etapa deve recuperar 284,80 quilômetros de rodovias, incluindo trechos como de Dianópolis a Novo Jardim; e de Taguatinga a Aurora.

Para o prefeito de Ponte Alta do Tocantins, um dos municípios que será beneficiado, Yaporan da Fonseca Milhomem, a notícia é motivo de comemoração. "Estou muito feliz em saber que, hoje, está sendo concretizada essa nossa demanda. É uma obra muito importante não só para nosso município, mas para toda a região", destacou.

Segundo o presidente da Ageto, Sérgio Leão, essa segunda etapa é resultado da gestão do governador com o Banco Mundial para que o Crema se estendesse a outros trechos rodoviários. "Garantindo, assim, o escoamento da produção, a trafegabilidade e a segurança do usuário", comentou o presidente.

Projeto

De acordo com Paulo Gontijo, proprietário da Strata Engenharia, empresa responsável pela execução do projeto de engenharia, essa é uma fase fundamental, pois é onde será avaliada a necessidade de cada estrada. "São equipamentos de última geração que permitem avaliar o pavimento como um todo", disse. Para ele, a execução do projeto é extremamente importante. "Um projeto bem elaborado é segurança para o empreiteiro fazer a obra", finalizou o empresário.

Crema

Atualmente, na primeira fase do Crema, estão sendo reconstruídos 1,5 mil quilômetros de rodovias.

Presentes

Acompanharam a solenidade, a primeira-dama, a deputada federal Dulce Miranda, a deputada federal Josi Nunes, os deputados estaduais Valdemar Júnior e Vilmar de Oliveira, secretários de Estado, além de prefeitos, autoridades e moradores da região.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus