Palmas, 20/10/2017

Estado

IAS

Governo lança programas educacionais com a proposta de reduzir o abandono escolar

  • A solenidade foi realizada no auditório da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM) com a presença de cerca de 400 pessoas, entre prefeitos, secretários municipais de educação, professores e técnicos da Seduc

Marcio Vieira

Governo lança programas educacionais com a proposta de reduzir o abandono escolar



Josélia de Lima/Governo do Tocantins
 
Oferecer oportunidades de desenvolver o potencial das novas gerações é a proposta da parceria entre o Governo do Estado e o Instituto Ayrton Senna (IAS) apresentado na noite de segunda-feira, 17, pelo governador do Tocantins Marcelo Miranda e pela secretária da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Zavarese Sechim. A solenidade foi realizada no auditório da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM) com a presença de cerca de 400 pessoas, entre prefeitos, secretários municipais de educação, professores e técnicos da Seduc.

O governador Marcelo Miranda explicou que optou por essa parceria com Instituto Ayrton Senna, porque este tem uma proposta que vai de encontro com um futuro vencedor. "Hoje o Tocantins retoma um caminho iniciado em 2004, com o IAS, em prol de uma educação que todos os tocantinenses almejam".

O governador ressaltou o trabalho realizado em 2009, no qual chegou a zerar o abandono escolar, e com isso, o Estado recebeu o Prêmio Gestão Nota 10.  "Agora esse caminho foi retomado com força total e com um propósito maior. O lançamento dos programas educacionais Se liga, Acelera e Circuito Campeão, nos conduz pela implantação das metas estabelecidas pelo Plano Nacional da Educação e representa a concretização dos passos a serem direcionados de forma a garantir o atendimento aos nossos alunos", ressaltou.

A professora Wanessa Sechim lembrou que se o Estado investe na alfabetização, no letramento e na leitura, quando esses alunos chegarem ao ensino médio, terão mais facilidade de aprender e terão melhores condições de avançar nos estudos. Falando da implantação dos programas Wanessa Sechim ressaltou: "Vamos conseguir gerenciar a aprendizagem em tempo real. Vamos aumentar a permanência dos estudantes na escola, elevar a aprovação e a autoestima dos alunos, vamos incentivar que eles tenham sonhos", frisou. A secretária citou um pensamento do piloto Ayrton Senna, que todos têm capacidade, mas nem todos têm oportunidades, por isso, "cabe ao Estado oferecer a todos os estudantes as oportunidades", lembrou Wanessa.

A gerente da Diretoria de Educação do Instituto Ayrton Senna, Maria Regina Baroni, ressaltou o entusiasmo com a retomada da parceria e explicou que já conhece o compromisso da equipe de educadores que atuarão com os programas. "Agora, estamos desafiados, porque na última parceria conseguimos que 90% dos alunos atendidos pelos programas tivessem êxitos na aprendizagem. Precisamos que esse dado seja minimamente mantido, essa parceria representa uma política pública de aprendizagem. Investir em educação é de fato investir no desenvolvimento de uma nação. Nós acreditamos que o aluno tem potencial para ser desenvolvido", afirmou Maria Regina.

Prefeituras

Durante a solenidade, os prefeitos assinaram um Termo de Cooperação Mútua com o Governo do Estado, para atuarem coletivamente no enfrentamento de alfabetização, abandono, evasão, defasagem idade-ano e infrequencia escolar de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos.
O prefeito de Rio da Conceição, Mauro Júnior Silva Arcanjo comentou que investir em educação é oferecer as crianças e jovens diferentes oportunidades. "Esses programas mantém os alunos mais tempo na escola e com isso, estamos ajudando a combater o problema das drogas", disse.

O prefeito de Pindorama, Almir Batista Silva Amaral, contou que gosta de levar programas novos para o município para oferecer oportunidades aos moradores. "Somos uma cidade pequena e por isso, estamos sempre em busca de recursos, de inovações para melhorar o nosso município e acreditamos no poder da educação", comentou.

A leitura e a arte

Como os programas Se Liga e Acelera vão atuar diretamente com a leitura, alunos da Escola Estadual Caic e Escola  Estadual de Tempo Integral Vila União proporcionaram dinâmica e alegria ao ambiente. Sob a orientação do professor Adriano Augusto, as crianças do CAIC mostraram a diversidade presente na escola, com bailarina, soldadinho de chumbo, alunos leitores e o universo da cultura indígena.
Os alunos da Escola Estadual Vila União abordaram a riqueza da literatura por meio de uma apresentação teatral e de estudantes vestidos de personagens da literatura infantil.

Formação

Cerca de 350 profissionais da educação, entre professores e coordenadores que irão atuar nos programas estão participando de uma formação no período de 18 a 20 de abril, na Faculdade Unopar, em Palmas.

Programas

O programa "Se Liga" visa alfabetizar alunos de 9 a 14 anos de idade que estejam em distorção idade-ano, matriculados nas turmas do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. O programa "Acelera Brasil" também pretende eliminar a defasagem entre a idade do aluno e o ano por ele cursado, mas é destinado a estudantes que estejam alfabetizados. Já o "Circuito Campeão" vai atender aos educandos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e propõe o gerenciamento da aprendizagem com a finalidade de evitar ou reduzir a repetência dos alunos.

Com os programas, o Governo do Estado vai atender 12 mil alunos de 131 escolas da rede estadual de ensino e 35 mil alunos de 156 escolas municipais. Aderiram à parceria com o Instituto Ayrton Senna, 56 municípios.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus