Palmas, 20/11/2017

Estado

Guaraí

Guaraí recebe primeira edição do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins nos dias 23 e 24 de maio

  • O evento tem apoio do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE)


Daniela Oliveira e Patrícia Saturno/Governo do Tocantins
 
O Governo do Estado vai promover, a partir do dia 23 de maio, uma série de fóruns regionais voltados para prefeitos e secretários municipais, vereadores, autoridades e representantes de classes, além de empresários e empreendedores em atuação nos municípios tocantinenses. Dividido em cinco eventos para abranger todas as regiões do Estado, o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins tem o propósito de criar um ambiente de diálogo entre o Estado e os agentes responsáveis por gerir soluções práticas e viáveis ao crescimento econômico local e ao fortalecimento econômico regional, destacando as potencialidades e oportunidades do Tocantins.
 
O Fórum é uma realização da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Agência de Fomento do Tocantins, Banco do Empreendedor, Junta Comercial do Estado do Tocantins (Jucetins), Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) e Agência Tocantinense de Saneamento (ATS). O evento tem apoio do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE).
 
Tema

Com o tema "Desafios e oportunidades para fortalecer a economia do Tocantins", o Fórum levará para os municípios a discussão de assuntos que envolvem os desafios enfrentados para a eficácia da gestão e a identificação de oportunidades para desenvolver os municípios, de acordo com seu potencial. Questões práticas da vivência administrativa, como a captação de recursos parlamentares e como aproveitar a cultura e o potencial turístico para promover o desenvolvimento socioeconômico também marcarão as discussões. Os encontros contarão com palestras nacionais e técnicas, painéis, talk shows e workshops.
 
Setor empresarial

Na programação há uma parte voltada exclusivamente para o empresário, para tratar da questão do acesso ao crédito, por meio de uma mesa redonda, da qual participarão instituições financeiras e de fomento, tanto do setor público quanto privadas. Também estão previstas rodadas de negócios. O propósito é que os bancos possam mostrar as linhas de crédito disponíveis às empresas para fomentar o desenvolvimento produtivo e econômico das regiões.
 
Principais Metas do Fórum

- Provocar uma reflexão sobre a importância da gestão eficiente, ideias inovadoras, e estratégias bem definidas e executadas para o enfrentamento de crises e busca por melhores resultados;
- Realizar o levantamento das necessidades e demandas necessárias ao desenvolvimento econômico das regiões do Bico do Papagaio, norte, centro norte, sul e sudeste do Tocantins;
-  Recepcionar a nova geração de prefeitas e prefeitos, oferecendo informações relevantes, construindo e pactuando alternativas para o desenvolvimento local, e informar sobre as ações do Governo na região; e
- Apresentar as potencialidades/oportunidades regionais do Tocantins
 
Público alvo

Prefeitos, primeiras-damas, secretários municipais, vereadores, autoridades, empresários, empreendedores, representantes de entidades de classe e instituições de ensino.
 
Parceiros

São parceiros desta iniciativa do Governo do Estado a Federação da Indústria do Estado do Tocantins (Fieto), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio), Federação das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedor Individual do Tocantins (Femicro), Federação das Associações Comerciais e industriais do Estado do Tocantins (Faciet), Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Tocantins (Sescoop), prefeituras municipais de Guaraí, Gurupi, Dianópolis, Araguatins e Araguaína; Associação Comercial de Guaraí e Instituto Educacional Santa Catarina (IESC/FAG).
 
FÓRUM POR REGIÃO

No intuito de contemplar os 139 municípios, o Estado foi dividido em cinco regiões, e cada uma dessas regiões terá uma cidade sede. O primeiro município a receber o encontro, nos dias 23 e 24 de maio, será Guaraí (região centro-norte). As outras cidades que sediarão o evento são: Gurupi (região sul), em junho; Araguatins (região norte), em agosto; Dianópolis (região sudeste), em setembro; e Araguaína (norte) em outubro.
 
REGIÃO CENTRO-NORTE
Município sede: Guaraí
Local do evento: Instituto Educacional Santa Catarina (IESC/FAG) – Campus III – Saída para Colméia
Data: 23 e 24 de maio
Municípios integrantes: 30
 
REGIÃO SUL
Município sede: Gurupi
Data: 06 e 07 de junho
Municípios integrantes: 29
 
REGIÃO NORTE
Município sede: Araguatins
Data: Agosto
Municípios integrantes: 26
 
REGIÃO SUDESTE
Município sede: Dianópolis
Data: 12 e 13 de setembro
Municípios integrantes: 29
 
REGIÃO NORTE
Município sede: Araguaína
Data: 17 e 18 de outubro
Municípios integrantes: 26
 
PROGRAMAÇÃO

Para o primeiro dia de evento a programação prevê as palestras "Cenários e Oportunidades: do Tocantins para o Mundo"; "Como captar recursos via convênios e emendas parlamentares federal e estadual para o seu município?"; "Painel dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) no Tocantins"; e "A informatização como inovação nos municípios".
 
No segundo dia, serão abordas as seguintes temáticas: "A Inovação que gera mudanças e a Liderança Criativa do século XXI"; Tocantins na Rota do Desenvolvimento Econômico do Brasil e do Mundo (Talk Show – com mediador); apresentação de case de sucesso; Diálogos para o Desenvolvimento, envolvendo Governo, Prefeitos e parceiros institucionais .
 
Ainda, serão realizados workshops com os temas "Cenários e Oportunidades para o Desenvolvimento Regional"; "A Gestão Cultural e a Economia Criativa"; "2017 – O ano do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento do Tocantins"; "Programa Tocantins 21- Os resíduos sólidos e sua responsabilidade ambiental"; "Piscicultura Familiar:  Desafios e Oportunidades"; "Educa Sanear"; e "Desenvolvimento Social, Econômico e Sustentável".


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus