Palmas, 13/12/2017

Estado

Mapa

LIRAa aponta que menos de 1% das residências de Palmas apresentam larvas do mosquito Aedes aegypt

  • De acordo com a gerente do Centro de Aprendizagem, Investiga√ß√£o e Extens√£o em Vigil√Ęncia em Sa√ļde, Marta Malheiros, o √≠ndice reflete o trabalho de conscientiza√ß√£o e vistoria nas resid√™ncias, realizado na Capital.

LIRAa aponta que menos de 1% das residências de Palmas apresentam larvas do mosquito Aedes aegypt



O Levantamento R√°pido de √ćndices de Infesta√ß√£o pelo Aedes aegypti (LIRAa) divulgado pelo Minist√©rio da Sa√ļde nesta ter√ßa-feira, 28,  aponta que Palmas obteve um √ćndice de Infesta√ß√£o Predial de 0,1, considerado satisfat√≥rio que √© quando menos de 1% das resid√™ncias apresentam larvas do mosquito em recipientes com √°gua parada. Em todo o Brasil, apenas 17 capitais e 2.450 munic√≠pios tiveram √≠ndices satisfat√≥rio.

De acordo com a gerente do Centro de Aprendizagem, Investiga√ß√£o e Extens√£o em Vigil√Ęncia em Sa√ļde, Marta Malheiros, o √≠ndice reflete o trabalho de conscientiza√ß√£o e vistoria nas resid√™ncias, realizado na Capital. "No dia a dia, nossos agentes de endemias est√£o em campo visitando os im√≥veis e orientando moradores e comerciantes. Temos obtidos bons resultados e uma popula√ß√£o mais consciente, entretanto, n√£o podemos baixar √† guarda e continuar combatendo os poss√≠veis criadouros", ressalta Marta.

O Mapa da Dengue, como √© chamado o LIRAa, √© um instrumento fundamental para o controle do mosquito Aedes aegypti. Com base nas informa√ß√Ķes coletadas no LIRAa, o gestor pode identificar os bairros onde est√£o concentrados os focos de reprodu√ß√£o do mosquito, bem como o tipo de dep√≥sito onde as larvas foram encontradas. O objetivo √© que, com a realiza√ß√£o do levantamento, os munic√≠pios tenham melhores condi√ß√Ķes de fazer o planejamento das a√ß√Ķes de combate e controle do mosquito Aedes aegypti.
 
"√Č necess√°ria uma vis√£o global da situa√ß√£o, por isso o levantamento tem papel essencial nas decis√Ķes nacionais, mas principalmente locais, porque o levantamento traz detalhes de focos de mosquito por bairros e com isso o gestor pode prever a√ß√Ķes efetivas de controle da prolifera√ß√£o do mosquito", destacou o secret√°rio de Vigil√Ęncia em Sa√ļde do Minist√©rio, Adeilson Cavalcante.

O novo LIRAa indica que 357 munic√≠pios brasileiros est√£o em situa√ß√£o de risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Isso significa que mais de 9% das cidades que fizeram o levantamento tinham altos √≠ndices de larvas do mosquito. Al√©m das cidades em situa√ß√£o de risco e das com √≠ndices satisfat√≥rios, o LIRAa identificou 1.139 munic√≠pios em alerta, com √≠ndice de infesta√ß√£o de mosquitos nos im√≥veis entre 1% a 3,9%. No total, 3.946 cidades de todo o Pa√≠s fizeram o levantamento que √© obrigat√≥rio a todos os munic√≠pios. 


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus