Palmas, 20/10/2017

Estado

Tocantins

Para Barbiero, Tocantins mudará sua história em 2018, gestão da Capital será replicada em todo Estado

  • Segundo Barbiero, é necessário respeitar a história de cada pessoa que construiu o Estado, mas não possível continuar com uma política antiquada e ultrapassada

Luciana Pires

Para Barbiero, Tocantins mudará sua história em 2018, gestão da Capital será replicada em todo Estado



O deputado estadual e presidente metropolitano do PSB em Palmas, Alan Barbiero, pontuou que o Tocantins vai virar a página e escrever uma nova história a partir de 2018. Ainda no pronunciamento feito durante o Congresso Estadual do PSB, ocorrido na tarde deste domingo, 17, no auditório da Assembleia Legislativa, o parlamentar pontou que o modelo da gestão da Capital será replicado em todo Estado.
 
Segundo Barbiero, é necessário respeitar a história de cada pessoa que construiu o Estado, mas não possível continuar com uma política antiquada e ultrapassada. "Precisamos de um Estado que industrialize sua produção, tenha mais tecnologia, que gere oportunidade de futuro para a juventude, valorize as pessoas idosas, que entenda o papel das mulheres e que tenhas suas crianças nas creches e escolas de qualidade", pontuou.
 
Novo conceito de gestão

Ao defender o nome do Prefeito de Palmas, Carlos Amastha, como pré-candidato ao Governo do Estado, Alan Barbiero argumentou que o PSB trará um novo conceito de gestão para o Tocantins, onde o cidadão estará no centro das políticas públicas. "O PSB, junto com os partidos aliados, é o grupo que hoje tem condições de fazer a revolução que o Tocantins precisa", disse.
 
Ao enaltecer os novos filiados e atual composição da sigla, o deputado explicou que o partido tem os melhores quadros, as melhores propostas e os melhores projetos para o Estado. "Estamos com um grupo cada vez melhor, pessoas preparadas e capazes de levar o Tocantins para novo momento que ele precisa alcançar".
 
Exemplo de Palmas

O parlamentar destacou que o PSB irá levar o exemplo da administração de Palmas à "todos dos rincões do Estado". Para ele, o tocantinense sentirá o orgulho que o palmense tem ao receber visitantes na cidade. "As pessoas quando nos visitam elogiam a nossa cidade. Falam que a nossa cidade está limpa, que o posto de saúde funciona, que a UPA parece um hospital particular".
 
Barbiero ainda complementou que esta não é a realidade vista no Estado do Tocantins. "Infelizmente quando a gente sai da esfera municipal, vemos o descaso, a gente vê a apatia e a inoperância, incompetência e irresponsabilidade", concluiu.  


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus