Palmas, 13/12/2017

Estado

Interior

Polícia Civil deflagra operação contra a criminalidade e prende suspeitos por tráfico de drogas

  • Por conta dessa rivalidade, invariavelmente determinações de execuções tem partido, principalmente, da Unidade Prisional de Campos Belo-GO.

Polícia Civil deflagra operação contra a criminalidade e prende suspeitos por tráfico de drogas



Uma ação conjunta de combate à criminalidade, deflagrada na última seta-feira, 1, pela Delegacia de Taguatinga, com apoio de Policiais civis da 8ª Delegacia Regional de Dianópolis e do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), unidade de elite da Polícia Civil, resultou na prisão de quatro suspeitos pela prática do crime de tráfico de drogas, em Taguatinga.

Conforme o delegado Márcio Duarte Teixeira, titular da DP de Taguatinga, durante a operação foram presos Joseph Lucas Rodrigues da Silva, Gerald Rodrigues da Silva e Fabrízia Kalem Oliveira Cortes, os quais são suspeitos pelo crime de tráfico de drogas. Contra Fabrízia ainda havia um mandado de prisão, em aberto, expedido pela Comarca de Campos Belos-GO.

Ainda durante a operação, os policiais civis prenderam, em flagrante, Rosemayre Alves da Silva, a qual estava de posse de 24 munições calibre 38 e apreenderam um adolescente infrator por atos infracionais análogos a tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Segundo informações levantadas pelos investigadores de Taguatinga, existem duas facções criminosas tentando se instalar como fornecedores exclusivos de entorpecentes no município.

Por conta dessa rivalidade, invariavelmente determinações de execuções tem partido, principalmente, da Unidade Prisional de Campos Belo-GO. Diante disso, os agentes policiais da DP de Taguatinga apresentaram extenso relatório com a indicação das residências onde estariam concentrados os traficantes e os executores de uma tentativa de homicídio ocorrido em Taguatinga, no dia 28 de novembro do corrente ano.

Com base nessas informações, o delegado Márcio representou, junto ao Poder Judiciário, pela busca e apreensão nas residências ocupadas pelos investigados. Desta maneira, no dia 01/12/2017, às 06h, quatro equipes de policiais civis, dirigiram-se aos pontos mapeados previamente e conseguiram prender, em flagrante, quatro pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e na apreensão de um adolescente, que confessou participação na citada tentativa de homicídio.

 

Com os conduzidos, os agentes da Polícia Civil encontraram uma quantidade considerável de maconha e crack, balança digital, uma espingarda, calibre 32, uma camisa da polícia civil de Goiás, 24 munições calibre 38, além de uma grande quantia em dinheiro. Em poder do adolescente, os policiais civis encontraram um revólver, calibre 38, carregado com seis cartuchos intactos, bem como mais seis munições para recarga, cerca de 50g de maconha, algumas pedras de crack e cerca de R$ 300 reais em espécie. O menor ainda confessou a participação na tentativa de homicídio de Douglas Urcino Matos, de 19 anos, ocorrida no dia 28/11/2017, em Taguatinga. Na ocasião, o jovem foi baleado com três tiros, mas sobreviveu a tentativa de homicídio.

 

Posteriormente, apurou-se que o adolescente teria recebido de detentos do Presídio de Campos Belo-GO, uma relação com nome de algumas pessoas que deveriam ser executadas na cidade de Taguatinga. Reunida todas essas informações, demonstrou-se a necessidade de internação do menor, tendo o membro do MP requerido a internação provisória do menor, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário.

  

Após os procedimentos legais cabíveis, todos os indivíduos foram recolhidos à Cadeia Publica de Taguatinga, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. O adolescente infrator será encaminhado a uma Unidade de Ressocialização para jovens infratores do Estado. 


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus