Palmas, 13/12/2017

Estado

Saúde

Secretaria da Saúde e Ripsa laçam publicação com os Indicadores e Dados Básicos para a Saúde no Tocantins 2017

  • De acordo com a superintendente da Vigilância de Promoção e Proteção da Saúde da Ses, Luciana Ferreira, o maior desafio da equipe foi consolidar as informações por município, quando foi executada uma força-tarefa para a coleta de dados

Josy Karla

Secretaria da Saúde e Ripsa laçam publicação com os Indicadores e Dados Básicos para a Saúde no Tocantins 2017



Lisane Braga/Governo do Tocantins
 
Com o entendimento que saúde é um reflexo de vários aspectos da sociedade, a Secretaria da Saúde do Estado (SES) e a Rede Interagencial de Informações para a Saúde (Ripsa), lançaram nesta quinta-feira, 30, uma publicação que traz os Indicadores e Dados Básicos para a Saúde no Tocantins 2017.

Segundo a secretária executiva da Ripsa no Tocantins, Daniele Ferreira Rios, a publicação traz em 20 páginas indicadores que, além de retratar o perfil de saúde com relação a doenças, traz informações econômicas, sociais e sobre educação, coletadas a partir de 2016. "Foi um trabalho árduo de coleta, tratamento e validação. A partir deste produto, é possível traçar estratégias, planejamento com vistas à proteção e prevenção na saúde pública", revelou.

De acordo com a superintendente da Vigilância de Promoção e Proteção da Saúde da Ses, Luciana Ferreira, o maior desafio da equipe foi consolidar as informações por município, quando foi executada uma força-tarefa para a coleta de dados. "Este é um momento muito importante, a conquista de um sonho que começou ainda na adesão do estado à Ripsa, em 2008".

A idealizadora e representante da Ripsa nos estados, Ângela Marques, reforçou a importância da participação do Tocantins na construção dos indicadores. Ela frisou que muitas mudanças aconteceram desde o início do processo até a publicação do primeiro exemplar."Todo o processo passou a ser discutido com técnicos que atuam no dia-a-dia de sua região, uma forma muito mais precisa para apurar informações sobre a saúde de um determinado município", disse.

Os indicadores, que possuem tiragem inicial de 3 mil exemplares, serão distribuídos aos parceiros diretos e comunidade em geral, por meio de universidades e órgãos públicos e disponibilizada, em versão digital, no site da Ripsa e Secretaria de Estado da Saúde.

Participaram do lançamento parceiros diretos e representantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMSTO), Universidade Federal do Tocantins (UFT), IBGE, Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Integra Saúde da Ses-TO, Secretaria de Planejamentos e Orçamento, SUS e Ministério da Saúde.
 
Ripsa

Formalizada em 1996, por Portaria Ministerial e por acordo de cooperação com a Opas, a Ripsa tem como propósito promover a disponibilidade adequada e oportuna de dados básicos, indicadores e análises sobre as condições de saúde e suas tendências, visando aperfeiçoar a capacidade de formulação, gestão e avaliação de políticas e ações públicas pertinentes.

Em 2008, o Tocantins foi o único estado da região norte a aderir à Ripsa, juntamente com os estados da Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

A Ripsa possui metodologia própria e com o lançamento dos indicadores e dados básicos para a saúde nos estados, pretende padronizar a forma de cálculo, avaliação, tornando-se referência e padrão para construção de indicadores de saúde no Brasil.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus