Palmas, 17/10/2017

Estado

Estado

Tocantins sediará o encontro nacional de fiscalização sobre agrotóxicos em 2018

  • Em Palmas, a realização deve ocorrer no período entre 15 maio e 15 de junho de 2018, ainda a definir.

Tocantins sediará o encontro nacional de fiscalização sobre agrotóxicos em 2018



O estado do Tocantins foi escolhido para sediar o 16º Encontro Nacional de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos – ENFISA, em 2018, na capital Palmas. O anúncio foi feito na quinta-feira, 6, durante a realização da 15º edição do evento, em Campos do Jordão-SP. O encontro contará com a participação de todos os representantes dos órgãos executores de Defesa Sanitária Vegetal dos Estados, dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia e representação do setor privado (indústria e produtores).

 

O presidente da Adapec, Humberto Camelo, comemorou a escolha do Estado para sediar o evento, no ano que vem, considerando uma grande oportunidade de envolver todos que fazem parte da cadeia produtiva de grãos. "Durante cinco dias de encontro, representantes de todos os Estados estarão aqui debatendo os mesmo objetivos, que é buscar melhorias e o fortalecimento das ações de fiscalização de agrotóxicos e afins, bem como, as boas práticas de comercialização, aplicação e destinação de embalagens vazias", disse.

 

O diretor de defesa, sanidade e inspeção vegetal da Adapec, Carlos César Barbosa, explica que serão realizados três dias de evento para o encontro de fiscais estaduais e dois dias para o Seminário Nacional, com uma média de 150 participantes. "Estamos muito felizes e de portas abertas para receber nossos parceiros, e discutirmos um tema tão relevante, considerado um dos pilares do agronegócio. Estaremos voltados às melhores propostas para segurança alimentar", pontuou.

 

Em Palmas, a realização deve ocorrer no período entre 15 maio e 15 de junho de 2018, ainda a definir.

 

ENFISA

O Encontro reúne, anualmente, os profissionais do setor privado e público de todos os Estados da federação. O objetivo é harmonizar as ações de fiscalização de agrotóxicos, para combater produtos contrabandeados e assegurar a idoneidade desses importantes insumos, por meio da adoção de práticas responsáveis para toda cadeia produtiva.  


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus