Palmas, 12/12/2017

Geral

Trânsito

Agentes de Trânsito poderão atuar como conciliadores em acidentes a partir de janeiro; Formação teórica ocorreu dia 20

  • O superintendente de Trânsito, Antônio Portelinha, acredita que dessa forma os conflitos podem ser mais facilmente resolvidos


Wédila Jácome

Para facilitar a resolução de conflitos nos acidentes de trânsito em Palmas que não envolva vítimas, apenas danos materiais, os agentes de Trânsito passaram por uma formação de conciliadores para atuarem no Projeto Justiça Móvel de Trânsito. O curso faz parte do convênio firmado entre a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana.

Cerca de 20 agentes participaram da formação, que encerrou a parte teórica do curso nesta segunda-feira, 20. Já a parte prática acontece até o dia 18 de dezembro no Fórum de Palmas.

A partir de janeiro os agentes já estarão aptos a fazer a conciliação no trânsito. O superintendente de Trânsito, Antônio Portelinha, acredita que dessa forma os conflitos podem ser mais facilmente resolvidos.

"Em casos de acidentes sem vítimas, o agente de Trânsito poderá lavar a termo conciliatório que deverá ser assinado pelos envolvidos, e em caso de descumprimento de uma das partes, a parte prejudicada poderá apresentar ao judiciário o termo, e o judiciário fará que a parte cumpra o acordado". 

Edição: Lorena Karlla 


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus