Palmas, 13/12/2017

Geral

Corrupção

Dia Internacional contra Corrupção é celebrado em Palmas

  • O evento também reunirá alunos e a comunidade local

Dia Internacional contra Corrupção é celebrado em Palmas



Para lembrar o Dia Internacional contra a Corrupção, registrado em 9 de dezembro, A Unidade Regional do Ministério da Transparência (CGU) no Tocantins, em parceria com a Prefeitura de Palmas, realiza evento especial em homenagem à data nesta quinta-feira, 7. A solenidade acontecerá às 8h30, no auditório da Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo, localizada no setor Santa Fé 2ª etapa, com a participação de autoridades de órgãos de controle e de defesa do Estado e de representantes do Município. O evento também reunirá alunos e a comunidade local.

O evento, direcionado aos alunos do ensino fundamental, tem o objetivo de mostrar a importância da transparência na gestão pública começando a despertar a atenção nas novas gerações como forma de tentar uma mudança cultural.

Durante a cerimônia, que contará com a presença do superintendente da Controladoria Regional da União do Tocantins, Cláudio Fernandes Paiva, acontecerão apresentações culturais executadas por alunos da ETI Caroline Campelo, apresentações com palhaços e uma apresentação teatral da CGU enfocando o tema Educação Fiscal. Na oportunidade, os alunos farão um juramento se comprometendo combater a corrupção e receberão um certificado pela participação no evento.

Dia Internacional contra Corrupção

O Dia Internacional contra a Corrupção é celebrado em 9 de dezembro, pois remete à data em que o Brasil e mais 101 países assinaram a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, em 2003, na cidade de Mérida, no México.

Em 2016, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançaram a campanha "Unidos contra a corrupção pelo desenvolvimento, a az e a segurança". O objetivo é mostrar como este crime afeta a educação, saúde, justiça, prosperidade e democracia em todas as sociedades. De acordo com a organização, anualmente US$ 1 trilhão é pago em subornos e cerca de US$ 2,6 trilhões são roubados dos cofres públicos – uma soma equivalente a mais de 5% do PIB global. 

(Edição: Lorena Karlla)


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus