Palmas, 21/08/2017

Justica

Homenagem

Desembargadora Jacqueline Adorno recebe homenagens ao se despedir da Corte Eleitoral do TRE-TO

  • A magistrada se emocionou ao participar da última Sessão como membro da Corte Eleitoral, finalizando seu segundo biênio no Tribunal

Lucas Nascimento

Desembargadora Jacqueline Adorno recebe homenagens ao se despedir da Corte Eleitoral do TRE-TO



Durante a Sessão do Pleno na tarde desta segunda-feira (26/6) a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), prestou homenagem à desembargadora Jacqueline Adorno, pelos trabalhos desenvolvidos junto à Justiça Eleitoral durante os quatro anos à frente da Presidência (2013-2015), Vice-presidência e Corregedoria Eleitoral (2015-2017). A magistrada se emocionou ao participar da última Sessão como membro da Corte Eleitoral, finalizando seu segundo biênio no Tribunal.
 
A presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, ressaltou a sua imensa admiração pela trajetória de vida da desembargadora Jacqueline Adorno, bem como as inúmeras melhorais que foram realizadas no judiciário tocantinense. "Para mim é um honra compartilhar os desafios profissionais com uma magistrada tão competente e dedicada, que sempre atuou com muita firmeza e sabedoria. Quero deixar registrada minha eterna admiração, gratidão, lealdade e amizade", revelou.
 
O ouvidor eleitoral, juiz Alexandre Agenor, também destacou sua admiração pela desembargadora e parabenizou sua atuação como corregedora eleitoral. "Aprendi muito com o seu perfil despido de vaidades da carreira de magistrada, mas firme nos seus posicionamentos", disse.
 
A importância do trabalho realizado pela Corregedoria Eleitoral no biênio 2015-2017 foi enfatizada pela vice-corregedora juíza Denise Drumond, bem como seu dinamismo como gestora. "A desembargadora Jacqueline construiu uma reputação no nosso judiciário, sempre encarou a magistratura como um sacerdócio, sua conduta foi sempre pautada pela ética, contribuindo grandemente pela construção moral de uma sociedade mergulhada nas trevas da corrupção", ressaltou.
 
"Sua afetividade gera efetividade" com essas palavras o juiz membro substituto, Gilson Coelho Valadares, descreveu um pouco da personalidade simples e humilde da desembargadora Jacqueline Adorno.
 
E representando a classe dos advogados, o juiz Henrique Pereira, também revelou a sua profunda admiração "pela destreza das suas decisões, pelos brilhantes votos proferidos, uma julgadora extraordinária", pontuou.
 
Ao fim da Sessão a desembargadora Jacqueline Adorno recebeu uma placa em homenagem pelos relevantes serviços prestados à Justiça Eleitoral e agradeceu a Corte e toda a sua equipe da Corregedoria, destacando a dedicação dos servidores que diuturnamente desempenharam suas funções com zelo e afinco. "Deixo aqui meu agradecimento a todos os pares que foram tão carinhosos comigo nesses quatro anos que eu passei neste Tribunal", emocionou-se.
 
Trajetória
 
Durante a sua permanência como presidente do TRE-TO no biênio 2013-2015, a desembargadora Jacquecline Adorno deixou um importante legado, imprimindo sua marca, com seu jeito simples, porém arrojado, entregou quatro novos cartórios eleitorais, bem como a inauguração da Central de Urnas, que é referencia em todo pais.
 
Em comemoração aos 25 anos de instalação do TRE-TO, enquanto presidente, a desembargadora também implantou o Espaço Memória na sede do Regional para fomentar as atividades de pesquisa e difusão de sua história.
 
Além disso, durante a sua gestão foi realizada a 3ª fase do Cadastramento biométrico dos eleitores. Em sua gestão à frente do TRE-TO foi implantado o sistema SEI, que possibilitou a virtualização dos despachos administrativos, com economia de papel dando mais agilidade aos processos.
 
À frente da corregedoria eleitoral, vice-presidência e diretora da Escola Judiciária Eleitoral do TRE-TO, a desembargadora Jacqueline Adorno presidiu os trabalhos correcionais, ocasião em que foram realizadas audiências públicas em cada zona eleitoral visitada.
 
Além disso, servidores da Corregedoria visitaram todas as zonas eleitorais envolvidas na revisão biométrica, com o objetivo de levar orientações aos cartórios para a correta formalização dos autos dos processos de revisão, apoiando no que foi necessário.
 
Durante o Biênio 2015-2017 a Corregedoria Eleitoral, também realizou importantes ações tais como: a implantação do portal de indicadores e metas da Justiça Eleitoral – PortCRE, a atualização do manual de procedimentos cartorários, a informatização dos procedimentos administrativos que tramitam na SEFISCRE e a atualização da página da Corregedoria Eleitoral com a disponibilização dos atos normativos na ferramenta "Legislação Compilada" .


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus