Palmas, 18/11/2017

Opinião

Economia

5 passos para criar reserva financeira para final e início de ano

  • Por Reinaldo Domingos*


Os gastos de final e início de ano costumam apertar o orçamento financeiro dos brasileiros. As despesas comuns em dezembro, como compras de presentes de Natal, ceias e celebrações, são seguidas pelas típicas de janeiro, como matrícula e material escolar, IPTU e IPVA, além de gastos de férias, com passeios e viagens.

Ainda dá tempo de criar uma reserva financeira estratégica para esse período, considerando os meses pela frente. Veja 5 orientações para poupar:
 
1- Saiba onde economizar

Faça um diagnóstico financeiro por 30 dias, se tiver renda fixa, ou por 90 se tiver renda variável. Durante o processo, verá de que forma gasta seu dinheiro e saberá quais despesas pode reduzir ou eliminar para criar a reserva financeira para o final de 2017 e começo de 2018.

Anote tudo o que gasta separando por tipo de despesa, incluindo cafezinhos e gorjetas. Assim, verá uma realidade muito diferente da que imagina. Você sabia que, em média, 20% dos gastos mensais de toda pessoa ou família são supérfluos e/ou desnecessários?

2- Reveja as despesas fixas

Aproveite o final do ano para rever suas despesas fixas. Pacotes de TV a cabo, internet e planos de celular, por exemplo, podem ser reconsiderados, pois com o passar do tempo surgem pacotes melhores e mais baratos. É válido rever também o consumo de água, energia elétrica e gás.

3- Estabeleça seus sonhos

Para viajar, festejar e pagar as despesas já previstas sem comprometer o orçamento, precisando recorrer ao endividamento, é válido definir os objetivos e traçar um orçamento de quanto gastará no período. Assim saberá o quanto precisa economizar mensalmente até lá.

4- Faça um planejamento

Para quem quer viajar, mas ainda não se planejou, é importante fazer um orçamento considerando todos os gastos, incluindo transporte, hospedagem, alimentação e passeios no local. Caso fique mais caro do que a situação financeira permite, há tempo para programar algo mais barato e/ou montar uma programação de passeios na própria cidade.          

5- Invista em curto prazo

Sonhos e objetivos de curto prazo são aqueles que se pretende realizar em até um ano, bem como este caso. É interessante aplicar dinheiro em caderneta de poupança, pois em dezembro e janeiro poderá retirar o valor sem pagar taxas, Imposto de Renda ou perder rendimentos – o que pode acontecer com outros investimentos. Outra opção interessante para o curto prazo é o Tesouro Direto.


*Reinaldo Domingos está a frente do canal Dinheiro à Vista. É Doutor em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin – www.abefin.org.br) e da DSOP Educação Financeira (www.dsop.com.br). Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira.


Comentários

comments powered by Disqus