Palmas, 13/12/2017

Política

Agricultura Familiar

Dulce Miranda é eleita vice-presidente e defende a Agricultura Familiar

  • Deputada destaca que de 50% a 60% do consumo nacional de alimentos v√™m do pequeno produtor

Dulce Miranda é eleita vice-presidente e defende a Agricultura Familiar



A deputada federal Dulce Miranda foi eleita 2¬™ vice-presidente da Comiss√£o de Agricultura da C√Ęmara dos Deputados, na manh√£ desta quarta-feira, 19, em Bras√≠lia. Ela destacou que vai trabalhar pelo agroneg√≥cio, entretanto, seu foco √© o fortalecimento da Agricultura Familiar. "Primeiro √© essencial dizer que de 50 a 60% dos alimentos consumidos no Brasil s√£o produzidos pela agricultura familiar", disse.
 
Para a deputada, assumir a vice-presidência da Comissão de Agricultura é importante para o Estado. "O Tocantins é exportador de produtos do agro e essa complementação entre a agricultura exportadora e a agricultura para o consumo interno é primordial", destaca Dulce Miranda.
 
Dulce diz que tanto a agricultura familiar quanto o agroneg√≥cio geram divisas e riquezas para investimentos em servi√ßos p√ļblicos. E, ainda que a agricultura √© a chave para a redu√ß√£o da fome, que ainda atinge o Pa√≠s.
 
A parlamentar relembra que a Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas para Alimenta√ß√£o e Agricultura (FAO), o relat√≥rio Perspectivas Agr√≠colas 2015-2024, aponta que o Brasil pode se tornar o principal exportador de alimentos do mundo. "Mas, precisamos de pol√≠ticas p√ļblicas e incentivos certos para chegarmos ao topo. Podemos retomar o crescimento da economia e o desenvolvimento social levando gera√ß√£o e divis√£o de renda no Pa√≠s", afirma Dulce.  


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus