Palmas, 17/08/2017

Política

Tocantins

Em jantar com Temer, deputada Dorinha e bancada apresentam demandas do Tocantins

  • Estavam no jantar o ministro da Secretaria do Governo Antônio Imbassahy, o ministro dos Transportes Maurício Quintela, o governador Marcelo Miranda (PMDB) e alguns prefeitos tocantinenses

Em jantar com Temer, deputada Dorinha e bancada apresentam demandas do Tocantins



A deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) participou de um jantar de confraternização da bancada federal com o presidente Michel Temer (PMDB), na noite desta terça-feira, 14, e tratou de demandas de interesse do Estado. Estavam no jantar o ministro da Secretaria do Governo Antônio Imbassahy, o ministro dos Transportes Maurício Quintela, o governador Marcelo Miranda (PMDB) e alguns prefeitos tocantinenses.
 
Dentre as demandas apresentadas, a bancada tratou com o presidente sobre a concessão para a duplicação da BR-153, a construção da BR-242, no trecho de travessia da Ilha do Bananal e a conclusão do trecho Taguatinga -  Conceição - Paranã. Também a finalização do processo licitatório para a construção da ponte de Xambioá, que ligará os estados do Tocantins e Pará e ainda solicitada a reforma e ampliação dos aeroportos de Araguaína e Gurupi. Essas mesmas demandas foram tratadas com o ministro dos Transportes Maurício Quintela na tarde de terça.
 
"O Governo Federal está firmando uma parceria com a bancada tocantinense e o Estado para a retomada de uma série de obras que precisam ser concluídas no Tocantins", disse a deputada Professora Dorinha.

Reunião da bancada

Na reunião com o ministro dos Transportes, Quintela informou que o projeto do aeroporto de Araguaína está em fase de conclusão e a licitação está prevista para o próximo semestre. Já o de Gurupi tem previsão de licitação para 2018.
 
Em relação às rodovias, Quintela disse que o ministério solicitará estudos técnicos para atender as demandas e atuará para garantir os recursos. Para a BR-153, será necessária a realização de um novo processo licitatório. Sobre a travessia da Ilha do Bananal, ficou definida que haverá uma audiência com a Funai, por se tratar de terras indígenas. Uma solicitação da Professora Dorinha foi a retomada do programa Luz para Todos junto ao Ministério de Minas e Energia no Tocantins. Ela destacou a importância do programa na busca da universalização do serviço de energia elétrica.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus