Palmas, 11/12/2017

Política

Educação

Emenda do deputado Paulo Mourão ofertará cursos de pós-graduação a professores da rede pública

  • Promover um ensino de qualidade com ações voltadas ao aprimoramento da formação de professores, com o intuito contribuir com uma escola que possa formar cidadãos críticos, com voz ativa na sociedade, exercendo o papel da cidadania

Antonio Gonçalves

Emenda do deputado Paulo Mourão ofertará cursos de pós-graduação a professores da rede pública



Promover um ensino de qualidade com ações voltadas ao aprimoramento da formação de professores, com o intuito contribuir com uma escola que possa formar cidadãos críticos, com voz ativa na sociedade, exercendo o papel da cidadania. Foi o que destacou o deputado estadual Paulo Mourão (PT), no lançamento do Curso de Especialização para Professores da Rede Pública de Ensino do Estado, ocorrido durante o evento da Plenária da Direção Estadual do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), na tarde desta sexta-feira, dia 15, no hotel Girassol Plaza, em Palmas. Estavam presentes o reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Luís Eduardo Bovolato, o presidente do Sintet, José Roque, a gerente de formação da Secretaria de Estado da Educação Juventude e Esportes (Seduc), Alessandra Camargo, professores e coordenadores da UFT, além de diretores e professores da rede pública de ensino do Estado.
 
A qualificação dos profissionais da educação que será feita pela UFT, em parceria com Sintet e Seduc, está sendo possível graças ao empenho do deputado Paulo Mourão que destinou emenda parlamentar no valor R$ 260 mil para a capacitação de professores em dois cursos nas áreas de pós-graduação lato sensu em Sociedade, Gestão Democrática e Trabalho Docente; e em Linguagens, Cultura, Educação e Tecnologia.
 
Paulo Mourão que é entusiasta e defensor da educação disse que destinou a emenda para a especialização dos profissionais da educação por entender que é preciso investir em ensino. "É preciso darmos oportunidade para os nosso professores se qualificarem melhor, porque isso é um desejo de todos.  No momento em que destinamos essa emenda parlamentar em parceria com o Sintet, coordenada pela Universidade Federal do Tocantins com o apoio do governo do Estado, nós vamos criar um ambiente novo de discutirmos um novo projeto de qualificação que possa melhorar os nosso níveis educacionais do Estado, tanto no ensino infantil, quanto no fundamental e médio", observou.
 
O parlamentar reforçou que a melhoria na qualidade do ensino deve começar com a preparação dos professores. "A qualificação dos professores sem dúvida é ponto primordial para a construção do saber, que será repassado aos alunos, que precisam sair das escolas bem preparados, estimulados, sendo inseridos no processo do ensino tecnológico e do ensino superior. Porque aí teremos pessoas com formação do senso crítico e aptidões necessárias para se tornarem cidadãos capacitados, com voz ativa nas tomadas de decisões do futuro da sociedade", ressaltou o parlamentar lembrando que a única forma para se combater a corrupção no País é investindo em educação, dando formação digna aos brasileiros e ao brasileiras.
 
Política de Estado
 
O parlamentar explica ainda que educação é a estrutura principal de promoção do desenvolvimento de um País. "Todos os países que se desenvolveram hoje, investiram em educação, ciência e tecnologia, porque a educação é que passa a ser o grande projeto estruturante do desenvolvimento e da geração do emprego e da melhoria da renda de um povo. Então o Tocantins precisa tratar a educação como investimento e fazer dela uma política de Estado, fortalecendo o vínculo com os professores, dando a eles melhores condições de trabalho, melhorando o ambiente físico das escolas e instrumentando-as de forma a ter toda a oferta e aparelhamento tecnológico", defendeu o parlamentar.
 
Prioridade
 
O deputado ainda destacou que a educação tem sido uma de suas prioridades de trabalho, e que pretende destinar esse ano uma emenda parlamentar para a continuação do projeto de qualificação dos profissionais da educação, no valor de R$ 1 milhão. "Lembrando que deve ser observando os menores índices de avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Tocantins, para saber quais cursos devem ser implementados na qualificação dos profissionais", ressaltou.
 
Reconhecimento
 
O reitor da UFT, Luís Eduardo Bovolato, disse que a universidade está muito feliz com o momento, principalmente, pelo fato ter sido escolhida para desenvolver o projeto de capacitação dos profissionais da educação, que para ele é um reconhecimento do trabalho feito pela universidade. "O deputado Paulo Mourão que já é parceiro da universidade toma a iniciativa e tem a percepção e sensibilidade de aportar o recurso para essa capacitação, trazendo os recursos para a realização do trabalho por meio da UFT, isso para nós é um reconhecimento da capacidade dos nossos serviços prestados do ponto de vista técnico, científico e profissional, mas a cima de tudo, a capacidade de realização do trabalho de qualidade que nos permite estender o nosso plano de atuação", analisou.
 
"Estamos começando com esses dois cursos de especialização, essa é a nossa primeira iniciativa, e espero que seja a primeira de várias outras que certamente surgirão. O deputado Paulo Mourão tem o compromisso e a sensibilidade de aportar mais recursos para que a gente possa estender essas ação em outras áreas do conhecimento e do saber de forma que a universidade possa contribuir com o processo de formação e melhoria da educação do estado do Tocantins. Um dos nosso objetivos da gestão é nos aproximarmos da sociedade de forma que a universidade possa cumprir o seu papel e missão social", reforçou.
 
Base
 
O presidente do Sintet, José Roque, ressaltou que a formação é a base para a qualidade no ensino. "Professor qualificado, aluno melhor preparado e com melhores índices de desenvolvimento na educação.  Essa qualificação está sendo proporcionado por meio da emenda do deputado Paulo Mourão, o qual agradecemos o empenho do parlamentar em oportunizar o aprimoramento dos profissionais da educação em parceria com o Sintet UFT e Secretaria Estadual da Educação", considerou.
 
"Isso aqui é só embrião, em vista a promessa do deputado em destinar mais recursos para que possamos aumentar a capacitação a um maior número de professores e trabalhadores em educação das diversas áreas do conhecimento para que possam estar melhorando a atuação no campo de trabalho", pontuou.
 
A gerente de formação da Secretária Estadual da Educação, Alessandra Camargo que representou a secretária da Educação Wanessa Zavarese Sechim, destacou ser um momento de comemoração, elogiando a iniciativa do deputado em destinar a emenda para a qualificação. "Esses dois cursos importantes irão ajudar na formação dos profissionais da educação, e também vem somar para a valorização e a progressão salarial dos profissionais", destacou.
 
Cursos
 
O curso de especialização em Linguagens, Cultura, Educação e Tecnologias, que será realizado em Palmas, é voltado para professores da educação básica da rede estadual, interessados em adquirir ou aperfeiçoar conhecimentos vinculados às linguagens da música, artes visuais, teatro, artes plásticas e códigos de ensino da Língua Portuguesa e novas tecnologias aplicadas aos temas regionais do Tocantins.
 
Já o curso de especialização em Sociedade, Gestão Democrática e Trabalho Docente, ocorrerá em Araguaína, e é destinado aos profissionais do magistério público atuantes em movimentos sociais em turmas da educação básica, com enfoque na elaboração de projetos pedagógicos relacionados à democratização da educação com qualificação teórica, técnica e de gestão, no campo da docência e da produção do conhecimento.
 
Cada curso de especialização irá oferecer 60 vagas, sendo totalmente gratuitos e com duração de 18 meses. Mais informações no Edital através do site: www.uft.edu.br/cursos/pos.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus