Palmas, 18/10/2017

Política

Eleições 2016

Frente por Palmas lança pré-candidatura de Cláudia Lelis

  • Evento é marcado pela defesa à “humanização da gestão” e ausência de Derval de Paiva; PHS não comparece e nome da pevista sai com o apoio de seis siglas

Frente por Palmas lança pré-candidatura de Cláudia Lelis



Como já adiantado peo CT, a vice-governadora Cláudia Lelis (PV) foi escolhida como a pré-candidata única da "Frente por Palmas", em evento realizado na manhã desta sexta-feira, 15, no Hotel 10. O Partido Humanista da Solidariedade (PHS) não compareceu ao lançamento e já foi citado como uma sigla de fora do grupo, mas a pevista prevê o retorno da sigla e o ingresso de outras com intensificação das conversas e da pré-campanha unificada, que indicou que irá levantar a bandeira da "humanização da gestão".

Em entrevista ao CT após o evento, Cláudia Lelis destacou os aliados mais expressivos, o PP e o PMDB. "Hoje foi um dia muito importante. Nós contamos hoje com o apoio de dois partidos importantíssimos. Não tenho dúvida que vão fortalecer a caminhada", disse a pevista, que garante o ingresso de mais legendas "De agora para frente, vamos continuar conversando para ampliar nossa frente com mais aliados e resgatar nossa cidade para a população. Estamos nos ajustando para nos próximos dias apresentar novos partidos para a Frente de Palmas", disse.

Sobre a decisão do Partido Humanista da Solidariedade, que resolveu manter a pré-candidatura de Kairo Bernardo mesmo a vice-governadora reunindo os melhores resultados nas pesquisas da Frente por Palmas, Cláudia Lelis disse que reage "de forma natural". "Cada um tem o seu tempo e nós temos que respeitar. Estamos conversando e vamos continuar com o diálogo. Está tudo bem encaminhando e tenho certeza que em um futuro bem próximo o PHS vai estar se juntando e caminhando em prol do mesmo objetivo: ver Palmas avançar", avaliou.

Humanização
No discurso, Cláudia Lelis disse estar preparada para assumir o Paço e fez críticas à atual gestão, defendendo principalmente a humanização da administração. "Vamos substituir a falta de clareza e os negócios obscuros que tomam conta da prefeitura pelo diálogo e pela transparência. Priorizar o ser humano através das políticas sociais, da capacitação dos nossos jovens, e assumir com responsabilidade com a saúde, educação e a segurança da nossa cidade; priorizar a qualidade de vida da nossa população ao invés das taxas absurdos e dos altos impostos", afirmou.

A vice-governadora fez questão de valorizar a articulação do grupo e exaltou que a escolha do seu nome veio por decisão dos próprios eleitores da Capital por meio de pesquisas quantitativas e qualitativas. "Hoje chego aqui como pré-candidata do povo de Palmas. A nossa condição de disputar a prefeitura fomos buscar nas ruas, nos quintais, nas rodas de conversa, nos sindicatos e nas associações. A Frente por Palmas deu uma lição de democracia, decidindo tudo em conjunto e unindo estes partidos, trabalho este que tem resultado comprovado", disse.

Câmara de Palmas
Os vereadores Emerson Coimbra (PMDB), Rogério Freitas (PMDB) e Milton Néris (PP) foram os representantes do Legislativo que estiveram prestigiando o lançamento do nome de Cláudia Lélis. Coordenador do conselho político da "Frente por Palmas", o pepista foi o responsável por explicar o processo de escolha da vice-governadora e aproveitou para criticar a atual administração. "Intransigência, intolerância e arrogância não cabe em uma cidade como a nossa", disse o parlamentar, que também defendeu como "próximo passo" a busca pela união da oposição.

Milton Néris comentou sobre a saída do PHS da "Frente por Palmas", citando que Kairo Bernardo estaria discutindo internamente a questão da pré-candidatura, mas ponderou. "Acredito que o PHS venha com o mesmo entendimento da gente.". O vereador fez questão de exaltar o ingresso dos peemedebistas no grupo. "PMDB deu a musculatura partidária necessária. Derval de Paiva é um líder extraordinário e desprendido de qualquer vaidade pessoal. Marcelo Miranda conduziu de forma brilhante o processo, como o grande líder que é. Ele respeitou cada partido. Estamos saindo inteiros deste processo", resumiu.

Portas abertas
Presidente da Câmara de Vereadores, Rogério Freitas foi o responsável pelo discurso mais inflamado. O peemedebista fez questão de afirmar que a "Frente por Palmas", ao preferir a pré-candidatura de Cláudia Lelis, "não fechou as portas" para os demais partidos e garantiu que até o momento não ocorreu qualquer discussão em relação ao cargo de vice-prefeito no grupo. (Portal CT)


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus