Palmas, 13/12/2017

Política

Interior

Governador abre 2ª Feira Agrotecnológica de Almas e reforça apoio à Extensão Rural no município

  • Os eventos que ocorreram, de forma paralela, contaram com a apresentação de tecnologias sustentáveis, visando o fortalecimento das atividades rurais.

Governador abre 2ª Feira Agrotecnológica de Almas e reforça apoio à Extensão Rural no município



Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento econômico e a utilização de técnicas sustentáveis nas atividades rurais do Tocantins, o governador Marcelo Miranda acompanhado pela deputada federal e primeira-dama, Dulce Miranda, abriu a 2ª Feira Agrotecnológica de Almas (Agroalmas). Realizado neste sábado, 8, na Fazenda Laço de Ouro, município de Almas, o evento também acolhe a 3ª edição do Dia de Campo sobre tecnologias sustentáveis.

"A segunda edição da Feira representa a consolidação da Agroalmas. Consolidação que se concretiza pela união de esforços dos governos estadual e municipal, produtores e demais parceiros. Representa, também, que estamos investindo no que temos de melhor: a nossa vocação para o agronegócio, setor que faz nossa economia girar. O município de Almas tem dado sua contribuição  para o fortalecimento desse setor", afirmou o governador.  

Os eventos que ocorreram, de forma paralela, contaram com a apresentação de tecnologias sustentáveis, visando o fortalecimento das atividades rurais. A Feira também foi fortalecida com a exposição de animais, máquinas agrícolas, implementos, produtos da agricultura familiar, artesanato e atrações culturais.

Durante o Dia de Campo foram apresentados os resultados práticos obtidos na Unidade de Referência Tecnológica (URT), do projeto Agricultura de Baixo Carbono do Tocantins (ABC-TO), programa do governo federal de incentivo a agricultura com baixa emissão de carbono, implantada na própria Fazenda Laço de Ouro, que tem como modelo de produção o Sistema Integração Lavoura, Pecuária, Floresta (ILPF). Atualmente o Tocantins conta com mais de 30 URTs. 

O secretário de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Clemente Barros, destacou que o Tocantins vive um ano importante na produção agrícola. "Resgatamos o recurso que estava parado no Ministério da Agricultura e retomamos o projeto de Agricultura de Baixo Carbono. O que nós queremos é o desenvolvimento de um agronegócio cada vez mais sustentável", apontou.

O proprietário da Fazenda Laço de Ouro, Neison Gomes, destacou o trabalho e o apoio do Governo do Estado ao agronegócio tocantinense. "Com o apóio técnico que recebemos e o modelo integrado que adotamos conseguimos triplicar a lotação dos pastos na propriedade", destacou.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Pedro Dias, destacou que o apoio à agricultura familiar tem um efeito direto na qualidade de vida dos produtores. "O que estamos fazendo aqui é fomentando o desenvolvimento econômico para os produtores. Com o Programa Compra Direta, por exemplo, aumentamos a renda de quem vive da agricultura familiar  e fazemos com que um alimento de qualidade chegue aos alunos", disse.

O superintendente Federal da Agricultura, Rodrigo Guerra, destacou o resultado das parcerias firmadas entre o Governo do Tocantins e o Ministério da Agricultura. "Trabalhando juntos já conseguimos avançar muito, mas ainda podemos fazer mais. Vamos estar cada vez mais em Brasília para aceleramos a liberação de recursos para efetivarmos o plano de desenvolvimento do Tocantins", disse.


Programação Técnica

Durante o Dia de campo foram realizadas palestras técnicas sobre Manejo de Pastagens; Adubação e Manejo do Pastejo em ILPF; Gestão em Pecuária – A Fazenda Como Uma Empresa; Agregação de Valor da Madeira na Propriedade Rural; Crédito Rural; A Importância do Controle de Plantas Daninhas para o Aumento da Produtividade na Pecuária; Projeto Reniva (rede de multiplicação e transferência de manivas-semente de mandioca com qualidade genética e fitossanitária); Demonstração do Sistema Integrado de Produção de Alimentos.


Realização 

A Agroalmas é realizada pelo Governo do Estado, por meio do  Ruraltins, da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa),do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Sebrae, da Fazenda Laço de Ouro, além de parceiros e de instituições privadas.

A primeira edição da Agroalmas reuniu cerca de 600 pessoas, entre alunos, agricultores, técnicos, empresários e comunidade de Almas e municípios vizinhos. Para esta edição, é esperado um público de mais de 1.000 pessoas.


Termo de Cooperação 

Na solenidade de abertura foi assinado Termo de Cooperação Técnica celebrado entre o Governo do Estado, por meio do Ruraltins, e o município de Almas. A iniciativa visa a prestação de serviços de Assistência Técnica Rural e Extensão Rural (ATER), compreendendo também a promoção de inovação tecnológica e o acesso aos programas e políticas públicas que estimulam o desenvolvimento rural sustentável e a articulação institucional para viabilizar a implantação do Serviço de Inspeção Rural  (SIM).


Presenças

Além dos produtores rurais e expositores, o encontro contou com a presença de secretários de Estado, dos deputados estaduais, Amélio Cayres e Nilton Franco; do chefe da Emprapa, Carlos Magno; do presidente da Faet, Paulo Carneiro, e representantes das instituições parceiras do evento; representantes de instituições financeiras, entre outros.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus