Palmas, 18/11/2017

Política

Internacional

Na Indonésia, Claudia Lelis reforça compromisso do Tocantins com a redução do desmatamento

  • Vice- governadora participa da Reunião Anual do GCF – Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas - em Balikpapan, na Indonésia

Na Indonésia, Claudia Lelis reforça compromisso do Tocantins com a redução do desmatamento



Fatima Miranda/Governo do Tocantins

A vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, foi enfática e reiterou o compromisso do Governo do Tocantins na aplicação de políticas que promovam redução do desmatamento no Estado, durante a abertura da Reunião Anual do GCF – Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas - na cidade de Balikpapan, Indonésia, nesta quarta-feira,27.

Claudia Lelis foi a única autoridade brasileira a discursar na abertura da Reunião do GCF, que conta com a participação de todos os governadores que compõem a Amazônia Legal. Discursando em nome dos governadores, Claudia Lelis ressaltou que todos os estados que compõem a Amazônia Legal estão cumprindo seu papel na questão da redução do desmatamento e promovendo o desenvolvimento sustentável, mas que sozinhos não conseguem avançar. "Estamos empenhados em criar mecanismos institucionais e econômicos que deem suporte à exploração sustentável e justa dessa biodiversidade. Atualmente, os principais desafios para os estados que fazem parte da Amazônia estão em fazer uma gestão ambiental de forma integrada e transversal", reforçou a vice-governadora.

Claudia Lelis foi bastante aplaudida quando apresentou os dados que mostram que o Tocantins conseguiu reduzir o desmatamento em seu território. "Tivemos uma queda de 54% no desmatamento no último ano e a degradação florestal caiu em 68%. Isso é reflexo do fortalecimento da política ambiental integrada às cadeias produtivas e destaco a consolidação do Cadastro Ambiental Rural, que já tem 90% dos produtores rurais cadastrados no Estado", explicou.

A vice-governadora também destacou o compromisso do Governo do Tocantins em aplicar corretamente os recursos disponibilizados pelos Governos da Alemanha e Noruega, grandes financiadores dos programas ambientais no Tocantins e presentes ao evento.

"Estamos promovendo o planejamento ambiental, o monitoramento, o combate ao desmatamento e buscando a regularização ambiental em nosso Estado, mas tudo tem um custo financeiro elevado para o governo e para os pequenos produtores rurais, por isso precisamos de parcerias e de apoio para avançarmos ainda mais na proteção e na restauração das nossas florestas", explicou Claudia Lelis, pedindo o apoio destes Governos para implantação de outros programas ambientais no Tocantins.

"Em nome do Governador Marcelo Miranda, reafirmo nosso compromisso em continuar a reduzir o desmatamento, em promover o desenvolvimento econômico aliado à sustentabilidade. Estamos fazendo a nossa parte quando falamos de desenvolvimento com preservação dos recursos naturais. A natureza marcante da Amazônia e do Cerrado representam um patrimônio gigantesco para a humanidade e precisamos, juntos, pensarmos no Brasil do futuro, no Brasil que já ajuda e poderá ajudar muito mais o mundo. O Estado do Tocantins, como os demais estados da Amazônia Legal, estão comprometidos em fazer a sua parte", finalizou ClaudiaLelis.

Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas
O evento começou nessa segunda-feira, 25, e segue até o dia 28, com diversas discussões sobre temas relacionados ao meio ambiente e preservação dos recursos ambientais.

Participam do encontro internacional a secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Meire Carreira; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro; alem de ambientalistas, pesquisadores, ONGs, e representantes de governos de diversos países da Ásia, Europa, Estados Unidos e America do Sul.

GCF
O GCF, ou Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas, no nome em português, é uma plataforma colaborativa entre os estados que trabalham para proteger as florestas tropicais, criando estratégias para o desenvolvimento de forma sustentável.

O GCF tem se configurado um dos principais esforços atuais, no que se refere a incorporar o mecanismo de Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD+) em políticas subnacionais, nacionais e internacionais.


O Tocantins representa o Brasil, com mais cinco estados. Os demais são: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso e Pará. Cada unidade federativa participa ativamente em todos os processos e eventos que são realizados no Brasil e em outros países, reproduzindo os conhecimentos e as técnicas.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus