Palmas, 23/01/2018

Política

Tocantins

Paulo Mourão conclama união de forças para construção de um projeto de transformação do Tocantins

  • O parlamentar entende que é preciso haver uma conscientização e uma avaliação por parte da população, no que diz respeito a escolha dos candidatos, para que ocorra a transformação que todos desejam

Paulo Mourão conclama união de forças para construção de um projeto de transformação do Tocantins



Durante o ato de lançamento da pré-candidatura do ex-juiz e advogado Márlon Reis (Rede) ao governo do Estado, ocorrida na noite desta sexta-feira, dia 25, na Escola Padre Josimo, em Palmas, o deputado estadual Paulo Mourão (PT) chamou atenção da sociedade para que tenham consciência na hora de eleger os seus representantes, que são responsáveis em promover a transformação do estado e do país.
 
O parlamentar entende que é preciso haver uma conscientização e uma avaliação por parte da população, no que diz respeito a escolha dos candidatos, para que ocorra a transformação que todos desejam. "Se nós nos conscientizarmos que essa transformação do Brasil passa primeiro por uma consciência do que é que nós queremos e o que nós defendemos, eu creio que essa consciência seria o divisor de águas, e o resultante das nossas decisões. A política precisa incorporar os valores, as pessoas precisam identificar-se e conhecer melhor em quem é possível votar", ponderou.
 
"Entendemos que o seio da política brasileira precisa de pessoas como o senhor Márlon Reis, como Marina Silva, Mário Lúcio Avelar, o prefeito Carlos Amastha e tanto outros que aqui militam, que precisam ocupar mais espaços na política", destacou o petista, citando que procura espelhar-se na luta de Marlon Reis, por uma política mais ética e livre de corrompimento.
 
Mourão disse que o PT está se levantando e corrigindo os equívocos do passado cometidos, a fim de reconstruir a representatividade política. "Nós do Partido dos Trabalhadores temos a consciência e a humildade de reconhecer os erros profundos que alguns setores do partido assim os fez. Estamos nos levantando nesse processo ético de reconstruir a representatividade política e democrática do Brasil e reconstruir um Estado que apesar de novo, já nasceu envelhecido nas suas práticas políticas, onde as ideias centralistas e capitalistas, nesses 29 anos de Estado, ficam praticamente nas mãos de duas famílias que o governaram", observou.
 
O parlamentar aproveitou para conclamar a união de forças progressistas em busca da reconstrução de um estado mais próspero. "É possível transformar o Tocantins, basta que nós dentro da nossa reflexão e da nossa consciência, passemos a entender que a mudança passa justamente pelo o que a gente possa acreditar e agir", explicou.
 
"No momento em que Marlon Reis coloca sua ficha de trabalhos prestados nesse Brasil, trabalhos não só louváveis no campo do jurídico, mas acima de tudo, exemplares no campo ético, nós podemos neste momento, ter aqui, uma caminhada com aglutinação de nossos esforços, com forças para fazermos o Tocantins ser um ponto de referência de um projeto de transformação, de recuperação do produto interno bruto e da capacidade de aumentar a renda do nosso povo. Aumentando a renda, você tem condições de fazer também ações de aumento de produtividade", ressaltou.
 
Paulo Mourão disse que é preciso incentivar que mais pessoas compromissadas com a ética, com a responsabilidade, com a transformação e a reconstrução de um estado de sonhos, venham fazer parte do processo político. "Para que haja revigoramento da esperança de um povo, nós precisamos tomar atitudes de um entendimento amplo de transformação, e não fulanização do processo político, mais sim, implantarmos um projeto de compromisso ético e de cidadania para a transformação e recuperação de um Estado, que foi criado sob a égide da livre iniciativa e da justiça social", relembrou.
 
"Eu venho aqui mesmo com a candidatura posta pelo Partido dos Trabalhadores também a governador, dizer que nós estamos prontos para estendermos as mãos ao senhor Márlon Reis e saímos nesse Estado dizendo ao nosso povo que nós podemos ainda salvar e transformar o Tocantins", finalizou.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus