Palmas, 22/11/2017

Política

Educação

Projeto que privilegia esporte educacional no recebimento de recursos de loterias é aprovado na Comissão de Educação

  • Proposta foi relatada pela deputada Josi Nunes

Projeto que privilegia esporte educacional no recebimento de recursos de loterias é aprovado na Comissão de Educação



Relatado pela deputada federal Josi Nunes(PMDB/TO), foi aprovado nesta quarta-feira,08, na Comissão de Educação da Câmara Federal, o projeto de lei  6718/16 que privilegia o esporte educacional no recebimento de recursos provenientes da arrecadação das loterias federais.

A matéria de autoria  dos deputados César Halum (PRB-TO) ,Evandro Roman (PSD-PR), Andres Sanchez (PT-SP) e outros parlamentares, altera a Lei Pelé (9.615/98).

Conforme o texto,  dos 2,7% de recursos provenientes das loterias federais destinados ao esporte, a proposta destina 20% diretamente à Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) e 10% à Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU). Outros 44,07% irão para o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), e 25,93% para o Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB).

A proposta buscar agilizar o processo de recepção e aplicação dos recursos públicos destinados à CBDE e à CBDU, uma vez que atualmente, estes recursos  vão diretamente apenas para o COB (62,96%) e o CPB (37,04%).

Vale ressaltar, que a Constituição  já prevê a destinação de recursos públicos para a promoção prioritária do desporto educacional e, em casos específicos, do de alto rendimento.

Depois de aprovado na Comissão de Educação, o Projeto segue para a Comissão de Esportes e posteriormente para as Comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e Cidadania. A proposta tramita em caráter conclusivo. (Com informações da Agência Câmara)


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus