Palmas, 20/08/2017

Política

Lava Jato

"STF dará prioridade necessária aos processos da Lava Jato", diz Alexandre de Moraes em Almoço-Debate LIDE

  • Sob o comando de Luiz Fernando Furlan, chairman of the Board do LIDE, o evento contou com a participação de 500 CEOs, presidentes e outras lideranças corporativas, além de autoridades dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo

"STF dará prioridade necessária aos processos da Lava Jato", diz Alexandre de Moraes em Almoço-Debate LIDE



SÃO PAULO, 18 de abril de 2017 -- "A Lava Jato é um símbolo importantíssimo de combate à corrupção. O STF dará a prioridade necessária aos processos da Lava Jato", disse Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado foi o convidado do Comitê de Gestão do LIDE – Grupo de Líderes Empresariais no Almoço-Debate realizado no Hotel Grand Hyatt, na segunda-feira, 17 de abril, na capital paulista. Sobre o eventual fim do foro privilegiado para autoridades, disse que a transferência de processos judiciais para instâncias inferiores poderá decorrer em "desapontamentos". "É preciso melhorar as condições de trabalho das instituições. Se não dermos estrutura à primeira instância, poderá ocorrer decepção geral", pontuou.

Sob o comando de Luiz Fernando Furlan, chairman of the Board do LIDE, o evento contou com a participação de 500 CEOs, presidentes e outras lideranças corporativas, além de autoridades dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo. "As transições e mudanças no campo político-econômico trazem oportunidades, como a de Alexandre de Moraes ter se tornado ministro do STF. À oportunidade, somam-se o vasto conhecimento e sabedoria, demonstrados ao longo de sua trajetória", disse Furlan.

Segundo Moraes, sem a segurança e cidadania o País não vai conseguir chegar ao desenvolvimento socioeconômico pleno. "Se não pusermos a segurança no mesmo patamar da saúde e educação, não vamos conseguir dar um salto de qualidade nestes três serviços públicos absolutamente essenciais", enfatizou.

Para o magistrado, paralelamente à questão da segurança pública, é preciso incluir a cidadania na educação. "A grande maioria dos cidadãos sai do ensino fundamental e médio ou mesmo da faculdade sem nunca ter consultado a Constituição Federal. Temos de ter uma nova disciplina, a Educação para a Cidadania, para formar cidadãos conscientes e participantes", defendeu. De acordo com Moraes, o País precisa de escolas, mas também de presídios. "São duas coisas que não se excluem. Apostar na educação não afasta a necessidade de investir em segurança pública", ponderou.

Esta edição do Almoço-Debate LIDE contou com o patrocínio de grandes empresas: BRAGA NASCIMENTO & ZILIO, CYRELA, GOCIL, MULTIPLAN, NELSON WILIANS ADVOGADOS, SOUZA CRUZ e WALD. Como fornecedores oficiais, a AMIL, CDN COMUNICAÇÃO, CORPORATE IMAGE, EASY TAXI, ECCAPLAN, MISTRAL, MULT-ART, RUBENS DECORAÇÕES e 3 CORAÇÕES. As rádios ANTENA 1 e JOVEM PAN; jornal DCI, PR NEWSWIRE e revista e TV LIDE foram mídia partners do evento.

FONTE Almoço-Debate LIDE


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus