Palmas, 27/06/2017

Saúde

Bolsa Família

Acompanhamento do Bolsa Família continua em Araguaína

  • O prazo segue até dia 30 de junho, o beneficiário deve ir até a unidade básica de saúde mais próxima, munido de documentos necessários e não deixar para última hora. O não-comparecimento resultará na perda do benefício

Marcos Filho/Ascom

Acompanhamento do Bolsa Família continua em Araguaína



Gláucia Mendes


O Programa Bolsa Família em Araguaína continua o acompanhamento nas unidades básicas de saúde (UBS). As famílias têm até o dia 30 de junho para atualizar as informações, no período de 7 às 13 horas. O benefício pode ser cortado caso o beneficiário não compareça à unidade no prazo.
 
A atualização da carteirinha de Saúde da Família é para crianças menores de sete anos e mulheres entre 14 e 44 anos de idade. Serão conferidos peso, altura e crescimento das crianças. Além disso, aleitamento materno, informações sobre a gestação e data da última menstruação (esse dado é muito importante para as mulheres, visto que somente assim o médico poderá identificar gravidez ou não). A família também precisa zelar pela frequência escolar dos filhos.  
 
Para o acompanhamento é necessário levar os seguintes documentos: cartão da Bolsa Família, cartão de vacina das crianças e cartão da gestante.

Bolsa Família

O Programa Bolsa Família, do Governo Federal, tem como principal objetivo transferir renda para famílias em situações de vulnerabilidade social. Para que os beneficiários garantam o recebimento do incentivo, a família cadastrada deve estar ciente da sua responsabilidade na busca de melhorias e condições de saúde e nutrição. Por esse motivo, é importante que às famílias realizem o acompanhamento na UBS.

Contato

Em caso de dúvida, os beneficiários podem ligar na Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde pelo telefone (63) 3411-7083.

Cadastro Único
 
O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, pode ser atualizado pela população em Araguaína, na Secretaria de Assistência Social. O cadastro em dias garante a participação do usuário em programas, como o programa Bolsa Família.
 
Somente com o cadastro atualizado, o beneficiário terá direitos ao acesso de programas como o Bolsa família, Minha Casa minha Vida, Pro Jovem Adolescente, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros. O cadastro único contribui para a redução de vulnerabilidade social e beneficia somente famílias de baixa renda.
 
Qualquer mudança nas informações que foram realizadas na hora do cadastro, o usuário precisa imediatamente atualizar na Secretaria de Assistência Social. Exemplo: mudança de endereço ou nascimento de filhos.
 
Somente com o cadastro atualizado, o usuário poderá procurar uma UBS para realizar o acompanhamento do Bolsa Família.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus