Palmas, 21/07/2017

Saúde

Brasília

Saúde de Palmas leva três prêmios na Mostra Nacional “Brasil aqui tem SUS”

  • Mais de 320 projetos foram inscritos e selecionados por várias cidades do país na mostra, e Palmas, com os dois trabalhos inscritos, levou os prêmios na categoria Gestão do Trabalho e Educação na Saúde com o projeto de Educação Permanente

Saúde de Palmas leva três prêmios na Mostra Nacional “Brasil aqui tem SUS”



Os projetos premiados relatam as experiências de sucesso do Consultório na Rua e do Palmas Livre da Hanseníase, ambos desenvolvidos pela rede pública de saúde de Palmas. Eles venceram três categorias da Mostra Nacional Brasil aqui tem SUS, realizada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, entre os dias 12 e 15 de julho. O resultado foi divulgado neste sábado, 15, na programação do XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde com o tema "Diálogos no Cotidiano da Gestão Municipal do SUS".

Mais de 320 projetos foram inscritos e selecionados por várias cidades do país na mostra, e Palmas, com os dois trabalhos inscritos, levou os prêmios na categoria Gestão do Trabalho e Educação na Saúde com o projeto de Educação Permanente na intervenção "Palmas Livre da Hanseníase"; e na categoria Promoção de Saúde, com a experiência "Consultório na Rua: Cuidado em Saúde de Pessoas em Situação de Rua" que também foi eleita a melhor experiência apresentada no  prêmio, recebendo como premiação a produção de documentário do Projeto Webdocs Brasil aqui tem SUS.

O secretário de saúde de Palmas, Nésio Fernandes, que recebeu os prêmios em nome de todos os trabalhadores do Sistema Único de Saúde de Palmas falou da satisfação e da importância de ampliar o acesso e o acolhimento de todos os usuários aos serviços e programas de saúde da rede. "É o reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelos profissionais que se dedicam constantemente com a prevenção e promoção da assistência aos pacientes em situação de vulnerabilidade", comenta com orgulho.

A mostra premiou 36 experiências com medalha de reconhecimento, durante as rodas de conversa, dentro de categorias temáticas: Planejamento Local do SUS,  Participação da comunidade na Saúde, Financiamento e o Fundo Municipal de Saúde, Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde, Gestão da assistência farmacêutica no município, Administração Pública e Judicialização da Saúde no município, Atenção Básica, Vigilância em saúde no município, Promoção da Saúde, Rede de Atenção, Regulação do SUS no município.

Milhares de trabalhadores do cotidiano do SUS, dentre eles secretários municipais de saúde de todo o país, profissionais de saúde, dirigentes estaduais e do Ministério da Saúde acompanharam a premiação da Mostra Brasil aqui tem SUS que tem como objetivo propiciar o intercâmbio de experiências municipais bem-sucedidas no SUS, estimular, fortalecer e divulgar as ações de municípios que inovam nas soluções visando a garantia do direito à saúde e dar visibilidade às práticas de saúde na abrangência da gestão local.

Programas premiados

Consultório na Rua: foi instituído pelo Programa Palmas para Todos e implantado no segundo semestre de 2016 pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) com a proposta de garantir acesso e reduzir iniquidades em saúde, atendendo pessoas em situação de rua de Palmas.  Mesmo sendo uma Capital nova, a cidade já contabiliza um número significativo de pessoas que vivem pelas calçadas e são alvo da equipe multidisciplinar do projeto, cujo desafio é dar condições para que eles alcancem o mínimo de cidadania através da saúde.

O Consultório de Rua consiste na busca ativa de pessoas que vivem em situação de rua, através de pelo menos quatro profissionais, como enfermeiro, psicólogo, odontólogo, assistente social, agentes sociais e técnicos de enfermagem. Quando necessário, a pessoa em atendimento é levada para os Centros de Saúde da Comunidade (CSC) e até mesmo para as Unidades de Pronto Atendimento (Upas). A atuação pode ser feita a qualquer tipo de necessidade de saúde, como o pré-natal: a gestante pode ser acompanhada onde ela está e os profissionais podem vincular a mulher a um CSC para que faça os exames e procedimentos necessários.

Palmas Livre da Hanseníase: Em Palmas, desde o ano passado, profissionais da saúde são capacitados para realizar diagnóstico mais profundo e preciso da Hanseníase. O treinamento faz parte do programa Palmas Livre da Hanseníase, que tem como consultor o médico especialista em Hanseníase, Jaison Barreto, do Instituto Lauro de Souza Lima (Bauru - SP). Ao se deparar com um caso, os profissionais das unidades ainda realizam exames em todos os familiares para verificar se há mais casos na família e fazer o tratamento adequado.

O secretário municipal de Saúde, Nésio Fernandes, explicou que a Hanseníase foi uma das pautas escolhidas para o modelo de reestruturação da Rede de Atenção e Vigilância em Saúde na Capital. "Palmas tem uma gestão inovadora e técnica, possui um dos menores orçamentos de saúde entre as capitais brasileiras, mas a gente entende que Sistema Único de Saúde pode dar certo desde que exista vontade política e competência. Em Palmas os serviços de saúde serão demandados pelas reais necessidades da população", ressaltou o secretário.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus