.

Palmas, 23/04/2017

Últimas

Lago de Palmas

Área de Proteção Ambiental do Lago de Palmas recebe plantio de 500 mudas de árvores nativas

  • A plantação faz parte de programação relativa à Festa Nacional das Árvores, comemorada na região Norte e Nordeste na última semana do mês de março

Alvaro Vallim

Área de Proteção Ambiental do Lago de Palmas recebe plantio de 500 mudas de árvores nativas



Tânia Caldas / Governo do Tocantins
 
Alunos da Escola Estadual Beira Rio do Distrito de Luzimangues - Porto Nacional, juntamente com membros da Associação da Área de Proteção Ambiental (APA) Lago de Palmas, empresários, representantes do poder executivo do município de Porto Nacional, além de gestores e funcionários do  Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), participaram na tarde desta sexta-feira, 24, do plantio de 500 mudas de árvores no local.
 
A plantação faz parte de programação relativa à Festa Nacional das Árvores, comemorada na região Norte e Nordeste na última semana do mês de março. A área foi escolhida por estar próxima a uma nascente nas imediações do Lago formado pela Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães. Dentre as mudas estão espécies bem características da região de cerrado como cajuí, mirindiba, jatobá, sucupira, ipê, baru e fava de bolota.
 
Luciana de Rodrigues Souza, 12 anos, declarou que é importante a preservação do meio ambiente. "Nós estamos perto de uma nascente e por isso temos que preservar, senão corre o risco de ficarmos sem água. E também porque o mundo seria muito sem graça se não tivéssemos as árvores, as plantas e os animais", disse.
 
Sávio Rodrigues Tranqueira, 13 anos considerou muito interessante a programação, pois disse que serve de incentivo para os adolescentes terem como hábito a preservação da natureza. "Essa iniciativa soma um conjunto de coisas, sendo que uma depende da outra. Neste caso que temos uma nascente aqui perto, temos que ter muitas árvores, porque é o que garante a presença da fauna e da flora", reforçou o estudante.
 
Para a diretora da Escola, Luzenir Borges, o plantio de mudas pelos alunos evidencia a parceria entre a instituição de ensino e o Naturatins, principalmente porque os alunos são moradores da comunidade. "Como estão aqui perto, eles estarão mais sensibilizados com a causa da proteção do meio ambiente e poderão ajudar na preservação da natureza", esclareceu.
 
Francisco Tadeu Jardim, presidente da Associação da Área de Proteção Ambiental (APA) Lago de Palmas, argumentou a pertinência do tema junto aos estudantes e destacou que a Associação tem como proposta ser uma entidade democrática e dinâmica. "O nosso objetivo é integrar a comunidade, a exemplo dos estudantes, com os órgãos públicos, de maneira a estabelecer uma parceria de preservação ao meio ambiente", salientou. Ele completou ainda dizendo que a APA está em uma área urbanizada, e por essa razão a Associação pretende manter os parâmetros mínimos de sustentabilidade.
 
Compromisso

O vice-prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel Gama, salientou que a ação do Naturatins evidencia um gesto concreto e indiscutível, já que é um compromisso do órgão com a comunidade e o meio ambiente. "Enquanto representante do poder executivo e enquanto cidadão, temos certeza que é por meio das parcerias que conseguiremos juntos com a comunidade zelar e preservar o meio ambiente de maneira eficiente e eficaz", complementou.
 
Segundo o presidente do Naturatins, Herbert Brito (Buti), o plantio das árvores na APA, demonstrou o quanto é importante a parceria entre o poder público, a iniciativa privada e a comunidade. "Esta a ação tem um efeito transformador porque alcança o meio ambiente como um todo. Estamos no caminho certo, pois além de contribuirmos com o desenvolvimento social e o crescimento, estamos dando o exemplo por estarmos cumprindo a legislação ambiental", enfocou.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus