Palmas, 28/07/2017

√öltimas

Mint 400

Gabriel Varela representa o Brasil no tradicional Mint 400

  • Campe√£o brasileiro de rally baja encara a prova mais disputada do calend√°rio off-road norte-americano com o UTV Can-Am Maverick MAX Xds Turbo

Doni Castilho

Gabriel Varela representa o Brasil no tradicional Mint 400



Las Vegas, Estados Unidos ‚Äď Gabriel Varela est√° em contagem regressiva para a largada do Mint 400, marcada para este s√°bado (4) em Las Vegas. A tradicional corrida representa o desafio mais disputado do calend√°rio off-road dos Estados Unidos e aguarda 330 ve√≠culos ‚Äď sendo 106 UTVs. Atual campe√£o brasileiro de rally baja, o piloto tem 400 milhas (ou 643,73 km) pela frente nas famosas paisagens do deserto do Mojave. Ele compete ao lado do navegador norte-americano Kevin Shrive, com o UTV Can-Am Maverick MAX Xds Turbo.

"Al√©m de estar pela primeira vez na prova, que √© extremamente dif√≠cil, o Mint 400 representa a minha estreia em competi√ß√Ķes fora do pa√≠s. O campeonato norte-americano √© muito forte, os melhores pilotos de UTV do mundo est√£o na disputa e eu terei a oportunidade de acelerar com eles. O Mint 400 sempre foi um sonho ‚Äď e dos mais desafiadores poss√≠veis", contou Gabriel Varela. O piloto j√° est√° em Las Vegas para adapta√ß√£o ao fuso hor√°rio e os √ļltimos preparativos.

Filho do bicampeão mundial de rally cross country Reinaldo Varela, o brasileiro espera grandes dificuldades. "O meu pai disse que o Mint 400 foi a etapa mais difícil que ele correu. A prova é bem diferente, a largada é às 6h com faróis e luzes de led acesas, já que ainda está escuro. O circuito no deserto fica pior a cada volta. A passagem dos veículos deixa a pista muito esburacada, com crateras de até dois metros de profundidade", explicou.

Gabriel Varela est√° familiarizado com o UTV, j√° que foi campe√£o brasileiro no ano passado com o Can-Am Maverick Xds Turbo. "Vou correr no Mint 400 com a vers√£o MAX do UTV que foi o meu grande aliado na temporada 2016. O ve√≠culo foi preparado pela equipe Lonestar Racing com foco total nesta corrida. Por conta dos obst√°culos do deserto, o chassi foi alongado, mas o motor e a parte eletr√īnica s√£o 100% originais de f√°brica", concluiu o piloto.

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) √© l√≠der mundial no design, desenvolvimento, fabrica√ß√£o, distribui√ß√£o e comercializa√ß√£o de ve√≠culos e sistemas de propuls√£o. Seu portf√≥lio inclui os ve√≠culos para neve Ski-Doo e Lynx, as embarca√ß√Ķes Sea-Doo, os ve√≠culos todo-o-terreno e side-by-side Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder, os sistemas de propuls√£o mar√≠tima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP d√° suporte a sua linha de produtos com pe√ßas, acess√≥rios e vestu√°rio. Com renda anual de mais de CA$ 3,8 bilh√Ķes em mais de 100 pa√≠ses, a empresa conta com aproximadamente 7.900 funcion√°rios em todo o mundo.

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Defender, Maverick, X3 e o logotipo da BRP s√£o marcas registradas da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais s√£o de propriedade de seus respectivos propriet√°rios.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus