Palmas, 25/05/2017

√öltimas

Sistema Penitenci√°ri

Governador Marcelo Miranda nomeia candidatos aos cargos para o Sistema Penitenci√°rio

  • Desde a meia-noite deste s√°bado, 8, os nomeados j√° podem escolher as unidades onde possuem interesse em serem lotados, por meio do Sistema de Lota√ß√£o

Governador Marcelo Miranda nomeia candidatos aos cargos para o Sistema Penitenci√°rio



Cidadania e Justiça/Governo do Tocantins
 
O governador Marcelo Miranda nomeou, por meio do Di√°rio Oficial do Estado n¬ļ 8.483 desta sexta-feira, 7, 774 candidatos homologados para exercerem as fun√ß√Ķes dos cargos de provimento efetivo do Grupo "Defesa Social e Seguran√ßa Penitenci√°ria", do quadro geral do Governo do Estado do Tocantins. Os efeitos do ato passam a vigorar a partir do dia 27 de abril, quando os nomeados come√ßar√£o a tomar posse dos cargos de T√©cnico ou Analista em Defesa Social.
 
Para a secretária de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Gleidy Braga, ter servidores efetivos atuando no Sistema Penitenciário é uma grande conquista para todo o Estado. "A publicação do ato do governador Marcelo Miranda demonstra o seu compromisso com a área de Segurança Prisional e o alcance de resultados efetivos na ressocialização das pessoas que estão presas no sistema", ressaltou.
 
Antes de serem efetivamente empossados, os nomeados devem, a partir da meia-noite deste sábado, 8, escolher as unidades onde possuem interesse em serem lotados, por meio do Sistema de Lotação. De acordo com a Instrução Normativa que define a forma de lotação, os nomeados terão até a meia-noite da próxima quarta-feira, 12, para fazer essa escolha prévia.
 
Para tomar posse na Secretaria de Estado da Administração, os nomeados devem seguir todos os procedimentos admissionais, incluindo a escolha prévia de lotação. Feito isso, eles deverão apresentar cópia do comprovante de posse na Gerência de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, localizada na sede da Seciju, que emitirá o encaminhamento de lotação.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus