Palmas, 19/11/2017

√öltimas

Santa Rita

Naturatins e parceiros constatam crimes ambientais e autuam fazendeiro em Santa Rita do TO

  • Diante da constata√ß√£o dos crimes ambientais, o dono da fazenda foi autuado no valor total de R$ 1.590.500,00 (Um milh√£o quinhentos e noventa mil e quinhentos reais)

GR Lagoa da Confusao

Naturatins e parceiros constatam crimes ambientais e autuam fazendeiro em Santa Rita do TO



Fred Oliveira / Governo do Tocantins
 
O propriet√°rio de uma das maiores fazendas do munic√≠pio de Santa Rita do Tocantins ‚Äď que tem uma √°rea de aproximadamente 10 mil hectares ‚Äď foi autuado por v√°rios crimes ambientais durante opera√ß√£o de fiscaliza√ß√£o e monitoramento coordenada pelo Escrit√≥rio Regional do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) do munic√≠pio de Lagoa da Confus√£o. Equipes do Destacamento do Batalh√£o de Pol√≠cia Militar Ambiental (BPMA) e da Ag√™ncia de Defesa Agropecu√°ria do Estado do Tocantins (Adapec-TO) tamb√©m participaram da a√ß√£o realizada de 10 a 12 de agosto. 
 
Foram constatados o descarte de embalagens de agrot√≥xicos vazias de forma irregular; queimada de leiras de desmatamento florestal, sem Autoriza√ß√£o de Queima Controlada (AQC) e em per√≠odo proibido, conforme portaria do Naturatins n¬ļ  233/17; cria√ß√£o de porcos (suinocultura) em √Ārea de Preserva√ß√£o Permanente (APP) do rio Duer√© e sem licen√ßa ou autoriza√ß√£o do √≥rg√£o ambiental competente, e lan√ßamento de esgoto dom√©stico e dejetos de su√≠nos no leito do rio Duer√©.
 
Diante da constatação dos crimes ambientais, o dono da fazenda foi autuado no valor total de R$ 1.590.500,00 (Um milhão quinhentos e noventa mil e quinhentos reais).

Ainda durante a a√ß√£o, a equipe da Adapec emitiu uma notifica√ß√£o e fez orienta√ß√Ķes sobre descarte de embalagens vazias de agrot√≥xicos e acondicionamento de produtos agrot√≥xicos de forma regular.
 
Conforme o supervisor do Escrit√≥rio Regional do Naturatins de  Lagoa da Confus√£o, Evandro Ramos Rodrigues, o √≥rg√£o ambiental realizar√° um levantamento da √°rea, ir√° conferir se a fazenda possui Autoriza√ß√£o para Explora√ß√£o Florestal (AEF) e tamb√©m vai monitorar todas as √°reas de ipucas, que s√£o protegidas por lei. A equipe retornar√° a fazenda ainda neste m√™s.
 
Equipe

Al√©m da equipe do Naturatins de Lagoa da Confus√£o, a opera√ß√£o no munic√≠pio de Santa Rita do Tocantins teve a participa√ß√£o de t√©cnicos do √≥rg√£o ambiental que atuam em Palmas, das √°reas  de Recursos H√≠dricos, Ordenamento Florestal e Monitoramento, e de dois t√©cnicos da Adapec e dois policiais do BPMA.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus