.

Palmas, 25/03/2017

Últimas

Segurança Pública

Tocantins recebe reforço de armamento e efetivo pessoal na área da Segurança Pública

  • Nessa quinta-feira, 16, o governador Marcelo Miranda anunciou a autorização para nomeação de 820 pessoas no quadro de pessoal efetivo da Defesa Social e Segurança Penitenciária; e 242 da Polícia Civil, todos aprovados em concurso público

Miller Freitas

Tocantins recebe reforço de armamento e efetivo pessoal na área da Segurança Pública



Jesuino Santana Jr / Governo do Tocantins
 
A segurança pública do Tocantins ganhou um grande reforço do Governo do Estado com o anúncio da nomeação de 1.062 candidatos aprovados em concursos públicos da área e com o recebimento de novos armamentos e munições do Ministério da Justiça (MJ).
 
Nessa quinta-feira, 16, o governador Marcelo Miranda reuniu a imprensa para anunciar a autorização para nomeação de 820 pessoas no quadro de pessoal efetivo da Defesa Social e Segurança Penitenciária; e 242 da Polícia Civil, todos aprovados em concurso público. Da Cidadania e Justiça serão chamados 24 analistas e 796 técnicos em Defesa Social. Da Polícia Civil serão 50 delegados, 13 médicos legistas, 35 peritos, 14 papiloscopistas, 60 escrivães, 44 agentes e 26 necrotomistas.
 
Na ocasião, o governador também anunciou que o Tocantins recebeu armamentos e munições por meio de um acordo de cooperação assinado com o Ministério da Justiça, por intermédio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). O acordo de cooperação definiu parâmetros para cedência de policiais civis estaduais, para a composição do efetivo permanente da Força Nacional de Segurança Pública.
 
Ao todo, foram doados à Polícia Civil 05 taser; 35 carabinas – Imbel 556 – Modelo MD 97; 35 pistolas - Modelo MD5, calibre 40; 24 escudos balísticos; 5000 munições - calibre 556; 5000 munições - calibre 40; 1000 munições letais- calibre 12; 200 granadas menos letais; 1100 munições menos letais - calibre 12; 150 cartuchos de Am 600; 50 espargidor de pimenta e 50 espargidor Mini.
 
O delegado-geral da Polícia Civil, Claudemir Luiz Ferreira, destacou que o armamento recebido pelo governo será encaminhado para as Delegacias Especializadas em Investigações Criminais (Deics) de Palmas, Araguaína e Gurupi. O treinamento para uso do material será realizado pelo Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), conforme cronograma interno.
 
Claudemir Luiz garantiu também que as ações divulgadas pelo governo darão um novo gás à Segurança Pública do Estado. "Com maior efetivo de pessoal e armamento poderemos trabalhar com mais ações estratégicas de combate à criminalidade. Queremos garantir à população do Estado que fique tranquila, porque essas ações vão aumentar a segurança do nosso Estado", garantiu.
 
Além disso, delegacias do interior do Estado estão sendo reestruturadas, reformadas e reequipadas com o objetivo de propiciar melhores condições de trabalho aos policiais civis e demais servidores que trabalham no local e, ainda oferecer melhores condições de atendimento à população.
 
Dentre as reformas, estão a Delegacia da Mulher (Deam), a Central de Atendimento (Plantão)/1ª Delegacia de Polícia; Academia de Polícia (Acadepol), a sede do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), Delegacia de Repressão a Narcóticos (Denarc); Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e o Complexo de Especializadas. Com obras em andamento estão a sede da Delegacia de Investigações Criminais Complexas (Deic) e a 5ª Delegacia de Polícia, em Guaraí.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus