Palmas, 24/11/2017

Viver

Ausemiaus

Ausemiaus realiza bingo nesta quarta-feira; ONG ainda deve cerca de R$ 6 mil à clínicas veterinárias

  • Depois da “Noite de Massas”, que ocorreu no dia 16 de setembro, a Ausemiaus prepara para quarta-feira, 18, um bingo com o objetivo de quitar sua dívida com clínicas veterinárias

Ausemiaus realiza bingo nesta quarta-feira; ONG ainda deve cerca de R$ 6 mil à clínicas veterinárias



Depois da "Noite de Massas", que ocorreu no dia 16 de setembro, a Ausemiaus prepara para quarta-feira, 18, um bingo com o objetivo de quitar sua dívida com clínicas veterinárias. O evento acontece a partir das 20 horas, no Tendencies Rock Bar, e os prêmios variam de canecas e cadernetas até uma cobertura fotográfica de eventos. A maioria das recompensas foram doadas à entidade por apoiadores da instituição. A organização não-governamental atua com o resgate, tratamento, castração de animais de rua, assumindo os custos destes procedimentos. Os cães e gatos são encaminhados posteriormente para a doação.

As cartelas do bingo da Ausemiaus poderão ser adquiridas no dia do evento, cada uma custará R$ 8,00, e um combo de cinco pode ser obtido por R$ 30,00. Serão cinco rodadas com 6 prêmios cada uma. As recompensas de cada rodada serão sorteados para: diagonal B, diagonal O, quatro cantos, horizontal, vertical e cartela cheia. As premiações já confirmadas pela entidade são: uma cobertura fotográfica de evento, designers de sobrancelha, duas pizzas, um mini bolo, uma fita identificadora de bagagem, canecas e cadernetas de anotação e biscoitos amanteigados.

Todo o dinheiro arrecadado pelo bingo será direcionado para quitar os passivos da entidade. "Esse evento continua sendo para tentarmos quitar a nossa dívida. Com a Noite de Massas conseguimos passar R$ 7 mil para uma das clínicas que devemos", afirmou a presidente da Ausemiaus, Luciely Oliveira. Entretanto, a quantia angariada não saldou todo o débito. A organização não-governamental deve aproximadamente R$ 6 mil. 

A Ausemiaus atua desde 2011 no Estado com o resgate, tratamento, castração de animais de rua, assumindo os custos veterinários. Os cães e gatos são encaminhados posteriormente para a doação. A ONG atua principalmente em Palmas, mas também tem histórico em Porto Nacional, Paraíso do Tocantins e mais algumas cidades do interior. Segundo a entidade, são direcionados anualmente cerca de 100 bichos para lares seguros. Entretanto, o custo com clínicas está fazendo com que esta média seja prejudicada.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus