Palmas, 29/05/2017

Viver

Cedeca

Giro na comunidade e diálogo com adolescentes estreou programação do 18 de maio

  • O objetivo do circuito é sensibilizar a comunidade para prevenir, identificar e denunciar a violência sexual

Giro na comunidade e diálogo com adolescentes estreou programação do 18 de maio



No último final de semana teve início o circuito de enfrentamento à violência sexual contra crianças em adolescentes, em Taquaruçu, Palmas. O objetivo do circuito é sensibilizar a comunidade para prevenir, identificar e denunciar a violência sexual.

Acadêmicas de serviço social da Universidade Estadual do Tocantins – Unitins, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – Cedeca Glória de Ivone, crianças e adolescentes percorreram as ruas de Taquaruçu e adentraram as casas para conversar com os moradores sobre violência sexual. Crianças, representando agentes de saúde, vacinaram simbolicamente as pessoas contra a violência sexual e entregaram uma carteirinha de comprometimento com bons tratos às crianças e adolescentes.

A auxiliar administrativa, Lauriana Macedo disse que ações como essa deveriam acontecer com mais frequência. "Têm muitos casos de violência sexual em Taquaruçu e campanhas como essa abrem os olhos das pessoas. Às vezes a gente fala que não é da nossa conta, mas é sim. Se a gente pensar assim quem vai defender as crianças", disse Lauriana.

Além das residências, pontos comerciais também fizeram parte do mutirão onde foram fixados cartazes sobre o tema. De acordo com a organização, a ação atingiu cerca de 50 casas e empresas.

Segundo a secretária executiva do Cedeca, Mônica Brito, existe pretensão de percorrer outros locais de Palmas e expandir para o Brasil. "Foi um momento rico de diálogo para mobilizar diretamente as famílias para conversarem com as crianças sobre seus corpos e prevenir a violência sexual. Agora famílias sabem que existem pessoas que lutam contra a violência e a quem procurar para denunciar", comentou Mônica.
 
Diálogo com adolescentes
 
No período da tarde, no Canto das Artes, crianças e adolescentes participaram de uma um diálogo sobre violência sexual, diversidade e estereótipos de gênero. Os assuntos também foram pauta para customização de camisetas e oficina de rima.

"Foi bom estar com as pessoas e conscientizar sobre o abuso sexual para que as pessoas obedeçam as leis e a gente cresça sem violência e com muita paz", esse é o desejo do menino João Pedro Andrade, 11 anos.
 
Programação
 
A programação continua nesta quinta-feira, 18, às 16h, na praça da Quadra 110 Sul com um piquenique comemorativo ao aniversário dos 10 anos do Cedeca. Ainda nesse dia, às 19h acontecerá mostra de cinema e debate no Serviço Social do Comércio - Sesc (502 Norte). O encerramento do circuito está marcado para o dia 19, sexta-feira, às 19h em Taquari também com mostra de cinema e roda de conversa com a comunidade. Toda a programação é inspirada no do 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O circuito é realizado pela organização não governamental Cedeca Glória de Ivone e pela Unitins com a parceria do Canto das Artes, Sesc Tocantins e do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Infância e Juventude – Caopij do Ministério Público Estadual.
 
--
Assessoria de Comunicação
Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente - Cedeca Glória de Ivone
 
Endereço: Quadra 110 Sul, Alameda 10, Lote 02 - Palmas - Tocantins
Telefones: (63) 3571-2338/ 98134-3272
 
www.cedecato.org.br
 
---
O Cedeca Glória de Ivone (TO) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em maio de 2007, fruto da articulação de militantes do movimento da infância e da adolescência no Estado do Tocantins. Trabalhamos associando proteção jurídico-social, mobilização, controle social e formação para direitos com vistas à construção de uma sociedade que exercite plenamente os direitos humanos infanto-juvenis.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus