Palmas, 25/09/2017

Viver

Arraiá da Capital

Juninas surpreendem e fecham com chave de ouro o 25º Arraiá da Capital

  • A Arena do Arraiá da Capital mais uma vez brilhou no fechamento da grande festa popular da região Norte

Aline Batista

Juninas surpreendem e fecham com chave de ouro o 25º Arraiá da Capital



A Arena do Arraiá da Capital mais uma vez brilhou no fechamento da grande festa popular da região Norte. O público aproveitou o domingo, 02, para conferir as últimas apresentações das juninas do grupo especial que iniciou com a quadrilha mais premiada de todas as edições, a "Cafundó do Brejo", nove vezes campeã. O público também se surpreendeu com a performance inovadora da junina "Explosão Amor Caipira".
 
A Cafundó do Brejo envolveu a plateia com a animação e o vigor de cada quadrilheiro, além disso homenageou o rádio como importante instrumento de informação e entretenimento. "Quisemos retratar a magia do rádio e a importância dele na vida da gente. Claro, que com uma história de amor. O rádio nos acompanha há mais de um século e mesmo hoje com tanta tecnologia, ele não perdeu seu espaço", disse o marcador Cláudio Maranhão.
 
Com o tema "Nossa Senhora Aparecida - 300 anos de fé e emoção", a quadrilha Explosão Amor Caipira emocionou o público trouxe à Arena a imagem de três metros da Santa, com performance de coroação e músicas cujo enredo fez a plateia aplaudir de pé. "Foi a melhor apresentação da noite! As músicas escolhidas casaram com o enredo proposto e emocionaram. O figurino foi incrível e a performance da Rainha foi diferente de todas as outras, ela envolveu toda a equipe e todos brilharam juntos. Sem falar na coreografia! Muito diferenciada!", descreveu empolgada a engenheira de alimentos, Yanne de Oliveira.
 
O presidente e o marcador da quadrilha, Maikon Ferreira, revela um dos diferenciais da apresentação. "Nossa coreografia foi montada por Davi Perdigão, de Alagoas, que fez uma pesquisa, elaborou uma proposta e nos desafiou a inovar e fugir do comum. Em 10 anos de participação nunca nossa junina recebeu tantos aplausos", disse o marcador.
 
A Junina Estrela do Sertão, com o tema "Uma vida para recordar", contou a história de um jovem que foi para guerra e sua noiva ficou à sua espera. Com cenário de um carro de guerra e quadrilheiros que se transformam em soldados e caem no forró, a performance ganhou aplausos da plateia.
 
A quadrilha Pula Fogueira, com o tema "Cangaço uma nova era", retratou a história de amor de Maria Bonita e Lampião com um figurino diferenciado. A noite fechou com a junina da rainha do Arraiá 2017, Luar do Sertão, que retratou o amor impossível do sol e da lua com muito romance, animação e dança.
 
"A cada ano as quadrilhas ficam melhores. É um grande espetáculo que todos devem assistir. Palmas deveria prestigiar ainda mais este trabalho que é realizado com muitos ensaios e dedicação. Não perco nenhuma edição. É lindo demais!", externou a comerciante Vânia Alves Amorim, já adiantando que no próximo ano não faltará.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus