Palmas, 22/11/2017

Viver

Raiva

Parceria entre Adapec e pesquisador da UFG leva informação sobre controle da raiva humana e animal em aldeias Apinajé

  • O objetivo desta etapa do projeto é capacitar cerca de mil estudantes dos ensinos fundamental e médio sobre a doença, para que estes sejam agentes multiplicadores da informação em suas aldeias

Delfino Miranda

Parceria entre Adapec e pesquisador da UFG leva informação sobre controle da raiva humana e animal em aldeias Apinajé



Welcton de Oliveira / Governo do Tocantins, 07 de novembro de 2017
 
A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) em parceria com o pesquisador da Universidade Federal de Goiás (UFG), Dr. Aires Manoel de Souza, promoverá nesta semana em escolas das aldeias indígenas da etnia Apinajé, no norte do estado, um ciclo de palestras sobre a raiva humana e animal. O objetivo desta etapa do projeto é capacitar cerca de mil estudantes dos ensinos fundamental e médio sobre a doença, para que estes sejam agentes multiplicadores da informação em suas aldeias.
 
Na manhã desta segunda-feira, o presidente da Adapec, Humberto Câmelo recebeu o pesquisador, que veio agradecer o apoio dado pela Agência ao projeto de controle da raiva, que está sendo desenvolvido nas aldeias Apinajés. "Esta parceria surgiu em 2004 quando elaboramos um projeto de pesquisa de educação sanitária para redução de risco da raiva humana e animal nas aldeias Apinajés do norte do Tocantins e a Adapec abraçou esta proposta e tem mostrado que possui uma equipe bem qualificada e comprometida com o controle desta zoonose", disse o professor.
 
O presidente da Adapec, Humberto Camelo ressaltou que o programa de controle da raiva dos herbívoros tem feito um trabalho de educação sanitária junto aos produtores rurais em diversas regiões do estado e que este trabalho nas aldeias indígenas é importante para o controle da doença. "O programa de controle da raiva tem atendido demandas em todo o estado, e esta semana estaremos nas aldeias indígenas da etnia Apinajé no norte do Tocantins promovendo palestras para estudantes, apoiando este projeto de pesquisa de redução de riscos da raiva em humanos e animais para aquele povo", destacou o presidente.
 
O responsável pelo Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros, José Emerson Cavalcante, explicou que a Adapec vem assessorando o projeto nas aldeias Apinajé, por meio de palestras, capturas de morcegos hematófagos e monitoramento de abrigos.
 
Projeto de pesquisa
 
O projeto de pesquisa desenvolvido pelo professor, tem como tema: "Educação em saúde como ferramenta para redução do risco da raiva humana e animal nas aldeias da etnia Apinajé, na região norte do estado". No ano de 2016 foram realizadas em parceria com a Adapec palestras sobre a raiva em 42 aldeias.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus