Tuesday, 07 de April de 2020

CONCURSOS


De 30 para 32 anos

Com parecer favorável de Elenil, PL que aumenta idade para entrar na PM é aprovado na Assembleia

17 Dec 2019
Com parecer favorável de Elenil, PL que aumenta idade para entrar na PM é aprovado na Assembleia

A Assembleia aprovou, por unanimidade, na manhã desta terça-feira, 17, em dois turnos de discussão e votação, o Projeto de Lei n° 14, de 6 de dezembro de 2019, de autoria do governo do estado, que amplia a idade máxima para entrar na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Tocantins. Analisado em reunião conjunta das comissões, o PL teve como relator o deputado Elenil da Penha (MDB), autor de duas propostas com texto semelhante que tramitaram no Parlamento.


Com parecer favorável de Elenil, o PL n° 14/2019 muda a redação do inciso III do artigo 11 da Lei Ordinária Estadual nº 2.578, de 20 de abril de 2012, que instituiu o Estatuto dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado do Tocantins, permitindo que pessoas com até 32 anos possam se inscrever e participar de concursos públicos para a carreira militar.

O deputado Elenil comemorou a aprovação do projeto, que segue, agora, para sanção do governador Mauro Carlesse (DEM). “Fico feliz que o governo tenha atendido ao meu pedido e enviado para a Casa este PL. Em vários estados, a idade já foi ampliada. É uma necessidade, considerando, entre outros fatores, o crescimento da expectativa de vida do brasileiro, que, hoje, é 76 anos. Eu entendo que uma pessoa com até 32, que passou em todas as fases do certame, inclusive, nos testes físicos, tem plenas condições de atuar na corporação”, afirmou.

Três tentativas  

O deputado Elenil da Penha encabeçou três iniciativas visando aumentar a idade limite para a PM e o Corpo de Bombeiros. Na primeira oportunidade, em 2016, o PL foi aprovado pela Assembleia, porém vetado pelo governador da época. No ano seguinte, a ideia voltou a ser debatida, pelo Legislativo estadual, via ação popular apoiada pelo parlamentar, contudo, a matéria foi arquivada por falhas na coleta de assinaturas. Em 2018, Elenil propôs novamente a alteração, que chegou a ser aprovada, em julho deste ano, no Parlamento, mas também acabou vetada pelo governo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins é destaque pela divulgação dos dados relacionados à Covid-19

Estado está entre os entes da Federação que mais deram publicidade às estatísticas relacionadas à doença

PAM

Governo institui o Comitê de Execução do Programa Pátria Amada Mirim

Dois representantes de cada instituição ligadas ao programa vão compor o Comitê que terá como objetivo executar e manter a avaliação contínua do PAM


Calamidade

Assembleia reconhece calamidade pública em Palmas por causa do coronavírus

Além de Palmas, os deputados debateram - via Sistema de Deliberação Remota - decretos de calamidade pública, em função da Covid 19, de outros 48 municípios.


Aleto

Acompanhando entendimento de Ayres, Assembleia quer plano de combate ao Coronavírus dos municípios

Ayres explicou que foi acordado com os demais parlamentares uma proposta para que ao invés de negar a Calamidade Pública para os demais municípios, fosse convertido em diligências.


Ageto

Governo inicia a semana com a manutenção de quase 700 km de rodovias estaduais


Agilidade

Principais processos de registro comercial podem ser feitos pela internet via Simplifica Tocantins


Internet

UOL bate recordes de audiência com a cobertura do Coronavírus


Emendas

Elenil defende união contra covid-19 e destina R$ 837 mil para ações


SES

Saúde recebe doação de duas toneladas de equipamentos de proteção individual


Vistoria

Governador vistoria obra do Hospital Geral de Gurupi e afirma que Estado busca manter ações prioritárias



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira