Sunday, 20 de October de 2019

CONCURSOS


Rússia 2018

França é bicampeã mundial ao vencer Croácia por 4 a 2

15 Jul 2018    15:07    alterado em 15/07 às 15:07
Divulgação França é bicampeã mundial ao vencer Croácia por 4 a 2 A seleção francesa havia vencido a Copa de 1998, quando foi anfitriã – bateu o Brasil na final por 3 a 0, no Stade de France, em Paris.

 A França é bicampeã mundial de futebol. Os franceses derrotaram a Croácia por 4 a 2 na final da Copa da Rússia neste domingo (15), no estádio Luzniki, em Moscou. Mbappé fez o quarto francês e, aos 19 anos, se tornou o segundo jogador mais jovem a fazer um gol em uma final — atrás apenas de Pelé, que tinha 17 quando marcou dois na decisão do Mundial de 1958, na Suécia, contra os anfitriões.

A seleção francesa havia vencido a Copa de 1998, quando foi anfitriã – bateu o Brasil na final por 3 a 0, no Stade de France, em Paris.

A conquista teve um componente especial na história pessoal do técnico Didier Deschamps, que se tornou o terceiro futebolista a se tornar campeão como jogador e treinador. Além dele, apenas o brasileiro Zagallo e o alemão Franz Beckenbauer alcançaram tal feito.

Para a Croácia, o vice-campeonato foi um feito inédito na história do futebol do país. A melhor posição em uma Copa havia sido na estreia do país na competição, em 1998, na França, quando chegou à semifinal – foi eliminada exatamente pelos anfitriões.

Mas a geração de Modric, Rakitic, Perisic e Mandzukic superou os ídolos de infância e escreveram o nome da nação na galeria de campeões mundiais. - DO R7

COMPARTILHE:


Confira também:

Salários de até R$ 4
Petrobras S.A. oferece 208 vagas

Criminalidade

Polícia Civil deflagra operação de combate à criminalidade no interior do Estado

No total foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em locais previamente mapeados pela Polícia Civil e que poderiam estar sendo utilizados para práticas criminosas.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira