Tuesday, 22 de September de 2020

CONCURSOS


Crimes

Polícia Civil indicia três suspeitos de praticar crimes diversos em Araguaína

08 Oct 2018

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 2ª Delegacia de Araguaína concluiu, nesta segunda-feira (8), às investigações referentes ao desvio de cerca de R$ 75.766,16, (Setenta e cinco mil setecentos e sessenta e seis reais e dezesseis centavos), promovido por funcionárias de uma imobiliária naquele município.

De acordo com o Delegado Luis Gonzaga da Silva Neto, segundo o apurado, as supostas autoras Amanda Rodrigues Alves, de 23 anos e Ana Caroline Alves Lins, também de 23 anos induziram os clientes da imobiliária, na qual trabalhavam a efetuarem pagamentos em dinheiro em espécie na própria imobiliária, onde elas recebiam tais valorem e não repassavam à referida pessoa jurídica.

Mo entanto, o procedimento de praxe era o pagamento através de boletos bancários, não sendo permitido o recebimento de qualquer valor, seja em espécie ou através de cheque, diretamente no estabelecimento.

Ainda segundo o Delegado, os clientes compraram diversos lotes, sendo estes financiados pela imobiliária, em que efetuavam os pagamentos através de boletos, mas posteriormente passaram a ser orientados pelas supostas autoras Amanda e Ana Caroline a efetuarem pagamentos em dinheiro, em que elas recebiam tais valores, e para não deixar qualquer suspeita, emitiam recibos fictícios aos referidos clientes da imobiliária.

 Ainda, outra forma de receber os valores dos clientes, se deu através de diversos depósitos bancários na conta do suposto autor Gleison Freitas de Sousa, de 36 anos, que na época dos fatos era namorado de Amanda Rodrigues, em que esta e Ana Caroline induziram os clientes a acreditarem que Gleison seria um dos sócios da imobiliária, não havendo nenhum problema em realizar os depósitos e transferências, referentes aos pagamentos dos lotes, em sua conta bancária.

 Nos autos há um áudio enviado por Amanda para o advogado da imobiliária, em que pede que o mesmo intermedeie um acordo para que nem ela e nem a Ana Caroline viessem a responder criminalmente. Há ainda conversas pelo aplicativo whatsapp do referido advogado e as duas mulheres, em que estas tentam negociar uma forma de pagamento parcelado para que nada fosse parar na polícia, negociação esta infrutífera.

 Conforme o apurado, Amanda e Ana Caroline levavam uma vida acima do padrão financeiro que o salário permitia, pois viajavam e compravam roupas de marcas de preços elevados, tudo sendo ostentado em suas redes sociais.

O Delegado concluiu o inquérito policial, sendo Amanda Rodrigues Alves, Ana Caroline Alves Lins e Gleison Freitas de Sousa indiciados pelos crimes de furto duplamente qualificado, estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa, cuja pena dos crimes, se somadas, podem chegar a 21 (vinte e um) anos de prisão. O caso agora foi encaminhado ao Poder Judiciário para as medidas cabíveis.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Tocantins registra 786 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 195.370 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 64.273 casos confirmados. Destes, 46.843 pacientes estão recuperados, 16.553 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 877 pacientes foram a óbito.

Operação "Tempos Modernos"

Polícia Federal investiga organização criminosa responsável por fraude a licitação destinada a construção de estradas no Tocantins

O nome da operação “Tempos Modernos” faz uma referência crítica ao mundo capitalista, em que tudo gira em torno do capital e do lucro, e para atingir seus objetivos algumas organizações lançam mão de uma requintada estrutura de corrupção, em detrimento da



Ações

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal

21ª edição do Fórum de Governadores começou nesta terça, 22, em formato virtual


Saúde

Câmara de Palmas convoca Audiência Pública para prestação de contas da saúde

Para a ocasião, a mesa diretora da Câmara convocou todos os vereadores, os integrantes do Conselho Municipal de Saúde e o Secretário Municipal de Saúde responsável pela Gestão do SUS.


Convênio

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ministro Onyx Lorenzoni assinam convênio de R$ 2,5 milhões para Programa de Aquisição de Alimentos

O recurso vai beneficiar cerca de 6 mil pequenos agricultores vinculados na proposta vigente a comercializarem seus produtos ao Programa, fortalecendo assim a agricultura familiar e contribuindo para a retomada econômica do pequeno produtor.


Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira