Sunday, 20 de September de 2020

CONCURSOS


Dimetoato

Produtor de abacaxi é autuado por uso de agrotóxico proibido para a cultura

11 Jul 2019
Juliano Ribeiro Produtor de abacaxi é autuado por uso de agrotóxico proibido para a cultura

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) autuou em R$ 532,05 um produtor de abacaxi do município de Miracema por estar usando um produto agrotóxico proibido para a cultura do abacaxi. A descoberta foi feita após técnicos da Adapec acompanharem, uma equipe de auditores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) até a propriedade para uma coleta de rotina e posterior envio do material para análise de resíduo de produtos em laboratório, onde foi constatada a presença do pesticida Dimetoato. O produtor também será autuado pelo Mapa.

A partir de agora, o infrator passará a ser monitorado pela Adapec, e caso, queira continuar a plantar abacaxi, deverá apresentar na Agência todos os receituários agronômicos de produtos utilizados na lavoura antes de sua utilização para verificação da conformidade dos mesmo. Embora a coleta tenha sido feita pelo Mapa, a Lei Federal 7.802/89, transfere a competência da fiscalização do uso de agrotóxicos aos estados, por isso, a Adapec realizou a autuação do produtor e tomará outras providências junto aos produtores de abacaxi na região orientando-os sobre o uso correto e seguro de agrotóxicos.

O inspetor de defesa agropecuária da Adapec, Rafael Martins, que acompanhou a fiscalização, disse que o uso de produtos agrotóxicos proibidos para determinadas espécies, coloca em risco a saúde humana e causa prejuízos econômicos, pois, o produtor perde a credibilidade no mercado. “Além disso favorece justamente o uso incorreto de agrotóxicos, pois o mesmo passa a ser empregado  de maneira indiscriminada, pois no caso, não há uma dose determinada e o produtor passa a utilizá-lo de maneira empírica, colocando em risco a saúde da população e do meio ambiente”, ressalta Rafael.

Dimetoato
Dimetoato é um inseticida do grupo dos organofosforados, que tem indicações para outras espécies vegetais como algodão, citros, trigo, dentre outras. “No entanto, o uso deste produto não está autorizado para a cultura do abacaxi, pois o mesmo não possui registro no Mapa com as devidas indicações de uso para esta cultura. Deste modo, o agricultor fica sem as informações que são relevantes para sua utilização, como os períodos de carência e de reentrada na lavoura, doses, modo de aplicação, alvos biológicos inerentes à cultura do abacaxi, dentre outros”, explicou o responsável técnico pelo Programa Estadual de Agrotóxicos na Adapec, Juliano Milhomem.

A Adapec relembra, que, para a realização de qualquer venda de produtos agrotóxicos é necessário a apresentação do receituário agronômico, documento este que comprova a visita do engenheiro agrônomo ao local e que constatou-se a necessidade de uso daquele produto. E nunca utilizar um produto indicado para uma cultura em outra, bem como, não realizar compras de produtos agrotóxicos em sites, pois em muitos casos são produtos sem registro nos órgãos competentes, o que coloca em risco a saúde do próprio produtor.

COMPARTILHE:


Confira também:

Inscrições reabertas
TCU oferece 120 vagas

Saúde

Tocantins registra 259 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados. Destes, 46.178 pacientes estão recuperados, 16.379 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.

Covid-19

Tocantins registra 717 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 192.422 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.167casos confirmados. Destes, 45.266 pacientes estão recuperados, 17.035 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.



Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios

Serviços serão executados em Cristalândia, Lizarda e Paranã


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica


Agricultura

Governo do Tocantins e Ministério da Agricultura retomam convênio e fortalece assistência a agricultores familiares



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira