Thursday, 29 de October de 2020

ECONOMIA


Panorama

Consumo das famílias no mês de maio cai em Palmas

04 Jun 2020

Mensalmente, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Fecomércio Tocantins, realiza a pesquisa que mede o índice de consumo das famílias de Palmas (ICF). Em maio, o índice teve uma variação negativa de 2,7% com relação ao mês de abril, que já havia registrado também queda. Desde março a pesquisa registra seu índice geral abaixo do nível de satisfação que seria de 100 pontos. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, a queda chega a 5,5 pontos.

Dentro os itens questionados aos entrevistados os que correspondem maiores variações negativas são: perspectiva profissional (- 8,8%), nível de consumo atual (-8,3%) e perspectiva de consumo (-7,7%).

Já os itens acesso ao crédito e momento para compra de bens duráveis foram os únicos que registraram varação positiva, 1,8% e 5,3%, respectivamente.

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, destaca que, apesar de a percepção das famílias em relação ao mercado de crédito continuar melhor do que no ano passado, os brasileiros já demonstram preocupação no curto prazo. "As taxas de juros cada vez mais baixas, com um nível inflacionário controlado, impactaram favoravelmente a percepção de acesso ao crédito. Contudo, o risco de maior inadimplência em virtude da crise provocada pela pandemia de covid-19 contribuiu para a desaceleração do consumo", afirma Tadros.

Já o presidente da Fecomércio Tocatins, Itelvino Pisoni, diz que deve-se pensar em um plano de retomada da economia por parte da esfera pública. "O setor do comércio é um dos principais geradores de emprego e renda, no estado e a nível nacional também. Por isso é importante que os agentes públicos pensem em medidas para a retomada econômica, principalmente facilitando o acesso ao crédito voltados ao capital de giro e para folha de pagamento. Além disso, devem ser flexibilizados prazos e o pagamento de alguns impostos ao empresário, para facilitar o dia a dia de quem mais contribuiu com a economia estadual. Nós ainda frisamos que aqueles que tem condições de consumir neste momento, que deem preferência ao comércio local e as empresas próximas, pois assim estaremos incentivando este setor", disse.

ICF Nacional

No cenário nacional não é diferente, maio registrou a queda mais intensa desde o início da realização da pesquisa em janeiro de 2010, 13,1%. O índice caiu para 81,7 pontos e atingiu o menor patamar desde novembro de 2017, permanecendo abaixo do nível de satisfação, onde se encontra desde 2015. Em relação a maio de 2019, a retração foi ainda maior: -13,7%.

(Ascom Fecomércio, com colaboração da Ascom CNC)

COMPARTILHE:


Confira também:


Ação

Governo do Tocantins entrega ônibus escolares a 13 Regionais de Educação no Dia do Servidor Público

As atividades de deslocamento de estudantes das Regionais até a capital do Estado será facilitada, bem com o intercâmbio de conhecimento entre unidades escolares


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira