Tuesday, 22 de September de 2020

ECONOMIA


Fique atento

Consumo de energia requer atenção com a chegada do calor, alerta Energisa

02 Jul 2019
Consumo de energia requer atenção com a chegada do calor, alerta Energisa

 Sempre ligada na economia doméstica, Maria de Fátima Costa Severino tem buscado respostas para o aumento de consumo de energia de sua casa. Ela é servidora pública aposentada e diz que mesmo sem comprar novos equipamentos ou alterar a rotina de casa, com visitas, ainda assim ela observou que a conta de luz aumentou. “Não entendo direito o porquê de estar pagando mais na conta. A única coisa que mudou aqui foi o clima, pois entramos no período de estiagem.” Mas essa dúvida, não ronda só os pensamentos de Maria de Fátima. Muitas pessoas questionam o valor da conta, principalmente nos meses mais quentes do ano. Mas o que será que provoca esta variação?

Andréa Albernaz, coordenadora de Leitura da Energisa explica que “no período seco, mudamos os hábitos naturalmente e essas alterações provocam a variação do consumo. Por isso, precisamos observar para entender como está a nossa atitude em relação ao uso de energia. São pequenas ações no dia a dia que fazem toda a diferença no final do mês”.

Só para se ter uma ideia, automaticamente, quando sentimos a temperatura lá nas alturas, usamos com maior frequência os equipamentos elétricos de refrigeração. Com isso, passam a consumir mais energia para amenizar a temperatura quente do ambiente. O engenheiro eletricista da Energisa, Roger Pereira, explica que há uma forma de não forçar muito os aparelhos de refrigeração como ar condicionado, geladeira e bebedouro. Basta usar uma temperatura média e nunca muito baixa. “Mesmo que não haja mudança nos hábitos de consumo, haverá variação por conta do calor intenso. Isso acontece porque os aparelhos que resfriam o ar, como o ar condicionado, é natural gastar mais energia para transformar o clima interno. Por exemplo, quando colocamos a temperatura mais baixa no ar condicionado, em 17 graus, e o clima ambiente é de 35 graus, o equipamento terá que fazer muito esforço para resfriar o local e dificilmente vai chegar aos 17. Mas se você colocar em 23 ou 24, o ambiente será refrigerado de forma gradativa e assim terá conforto sem um elevado consumo de energia”, comenta.

O ar condicionado também precisa ter, frequentemente, a limpeza dos filtros. “Quando o ar condicionado está com os filtros sujos, ele trabalha mais e com isso gasta mais energia. O cuidado com limpeza e manutenção dos aparelhos elétricos, faz toda a diferença na conta de energia”, ressaltou Roger.

Outro ponto que deve ser observado na fatura e que impacta no valor da conta de energia, é a quantidade de dias faturados, que pode variar de 27 a 33 dias.

Economia de energia
A energia elétrica pode ser economizada a partir da escolha dos equipamentos que são utilizados. Roger Pereira conta que na hora de adquirir um produto o recomendado é que ele tenha o selo Procel de economia de energia e de preferência, categoria A. “Os aparelhos da categoria ‘A’ são os mais eficientes no consumo de energia. A longo prazo, a economia gerada com esse tipo de equipamento, comparado em valores, pode chegar ao preço de um equipamento novo. Por isso, é tão importante verificar o selo na hora de comprar”.

A troca das lâmpadas comuns por LED também ajuda na economia. Comparadas as lâmpadas fluorescentes, as de LED podem ser até 30% mais eficientes e econômicas. Assim como, deixar as luzes apagadas quando não houver ninguém no ambiente.

Roger Pereira lembra ainda que equipamentos como geladeira e freezer precisam ser instalados em locais bem ventilados e “só devem ser abertos quando há realmente necessidade. As borrachas de vedação da porta devem estar em bom estado de conservação. Uma dica de como verificar essa vedação é colocar uma folha de papel na porta da geladeira e fechar. Se o papel não ficar preso e cair, significa que a borracha precisa ser trocada”.

Chuveiro elétrico
Mesmo com o calor desta época do ano, há quem não abra mão do chuveiro elétrico, com água quente, na hora do banho. Se você também é assim, o engenheiro explica que o ideal é um banho rápido, de até cinco minutos e na posição verão, assim, o aquecimento da água é menor e, também o consumo de energia elétrica.

Jaciara Barros, colunista social, já colocou em prática essas dicas e para evitar o uso do ar condicionado, ela optou por ventiladores de teto. “Como à noite o clima é mais ameno, uso o ventilador. Também troquei todas as lâmpadas por LED. Essas mudanças trouxeram uma economia de R$ 200,00 na minha conta de luz”, comemora. Um dos hábitos dela é acumular roupas para lavar e também passar, reduzindo a quantidade de energia gasta.

O uso eficiente da energia elétrica traz como benefício a economia. E, lembra da Maria de Fátima, que tinha dúvidas sobre aumento da conta de energia? Pois ela disse que com as informações, vai colocar em prática as dicas e avaliar o impacto no final do mês. “Vou observar melhor os meus hábitos e seguir essas orientações. Espero que consiga economizar e reverter esse valor para outros gastos da casa”, finaliza.

Conta de energia

O consumo de energia é um dos itens que compõe a conta. E sobre o valor, incide os encargos e tributos como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias Serviços (ICMS), pago ao Governo do Estado e que é regulamentado por Lei Estadual; para o Governo Federal são pagos os tributos do Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição sobre Operações Financeiras (COFINS). E para as prefeituras, incide a Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (COSIP). Há ainda as Bandeiras Tarifárias, regulamentadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL e pagas ao Governo Federal.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Tocantins registra 786 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 195.370 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 64.273 casos confirmados. Destes, 46.843 pacientes estão recuperados, 16.553 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 877 pacientes foram a óbito.

Operação "Tempos Modernos"

Polícia Federal investiga organização criminosa responsável por fraude a licitação destinada a construção de estradas no Tocantins

O nome da operação “Tempos Modernos” faz uma referência crítica ao mundo capitalista, em que tudo gira em torno do capital e do lucro, e para atingir seus objetivos algumas organizações lançam mão de uma requintada estrutura de corrupção, em detrimento da



Ações

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal

21ª edição do Fórum de Governadores começou nesta terça, 22, em formato virtual


Saúde

Câmara de Palmas convoca Audiência Pública para prestação de contas da saúde

Para a ocasião, a mesa diretora da Câmara convocou todos os vereadores, os integrantes do Conselho Municipal de Saúde e o Secretário Municipal de Saúde responsável pela Gestão do SUS.


Convênio

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ministro Onyx Lorenzoni assinam convênio de R$ 2,5 milhões para Programa de Aquisição de Alimentos

O recurso vai beneficiar cerca de 6 mil pequenos agricultores vinculados na proposta vigente a comercializarem seus produtos ao Programa, fortalecendo assim a agricultura familiar e contribuindo para a retomada econômica do pequeno produtor.


Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira