Monday, 13 de July de 2020

ECONOMIA


Projeto

Desenvolve Palmas realiza plenária para a Região Sul e apresenta uma nova forma de trabalho e geração de renda

11 Dec 2014

Foi realizada na quarta-feira, 10, a 6ª plenária de apresentação do Projeto Desenvolve Palmas, desta vez para a Região Sul da Capital. O encontro aconteceu no Centro de Inovações e Aceleração de Palmas (CIAP), com o apoio da Associação dos Moradores da 1306 Sul e do Banco do Povo, contando com a presença de cerca de 30 pessoas interessadas na proposta de um novo modelo de trabalho e geração de renda.

De acordo com Juliete Oliveira, coordenadora geral, o Projeto Desenvolve Palmas está disponível para dar suporte a qualquer atividade econômica que se enquadre como um empreendimento de Economia Solidária. "Dentro dessa proposta, cabem tanto a produção de bens, como roupas e calçados, quanto o setor de serviços. Inclusive, estamos em contato com um grupo de mulheres que quer se organizar para prestar serviço na área da construção civil. E o momento não poderia ser melhor, pois as mulheres vêm se destacando nas obras, principalmente na etapa de acabamento, pois são notadas como mais detalhistas, observadoras, e pró-ativas", pontuou Juliete.

União e parceria
Outro ponto importante levantado pela coordenadora, que fez a apresentação do projeto na ocasião, foi a questão da união e parceria, características da Economia Solidária que podem render muitos frutos. "É importante que as pessoas cooperem entre si e não se vejam como concorrentes. Por exemplo, temos vários supermercados que se unem para comprar coletivamente um grande volume de mercadorias, o que diminui o preço de custo, fortalecendo a todos", explicou.

Para Valdemar do Carmo Pereira, superintendente do Banco do Povo, o trabalho associado traz ainda mais benefícios, pois fica muito mais fácil arcar com o pagamento de um empréstimo, uma vez que as parcelas são divididas entre os membros. "O Banco do Povo nasceu como Fundo Municipal de Desenvolvimento da Economia Popular e Solidária. Por isso mesmo, nós criamos mecanismos para facilitar a liberação de crédito para empreendimentos de Economia Solidária, como cooperativas e associações de setores diversos. Por exemplo, hoje, um empréstimo de R$ 10 mil reais pode ser pago em até 24 parcelas de R$ 470 reais, que dividido entre o grupo não fica pesado pra ninguém", ilustrou Valdemar.

Por fim, Gilvan Teles, presidente da Associação da 1306 Sul, agradeceu a todos pela presença e se mostrou bastante empolgado com o projeto. "Estamos muito animados com essa parceria com o Desenvolve Palmas, afinal, o projeto visa capacitar as pessoas desde a formalização, passando pela produção, administração e divulgação, até a comercialização. E nós temos tantas pessoas talentosas na nossa quadra, que costuram, cozinham para fora, prestam serviços. Enfim, pessoas que podem vir a ter o próprio negócio com a ajuda do projeto", finalizou.

Saiba mais: www.desenvolvepalmas.org

COMPARTILHE:


Confira também:


Direitos Humanos

Racismo e violência contra criança e adolescente são desafios do país

Estatuto da Criança e do Adolescente foi publicado há exatos 30 anos

Feminicídio

Estabelecimentos serão obrigados a adotarem medidas de proteção à mulher

A lei aprovada também propõe a capacitação e treinamento dos funcionários para aplicação das medidas previstas na lei.



DPE

Defensoria Pública requer medidas de orientação e prevenção à covid-19 a indígenas de Formoso do Araguaia

Após indígenas Javaé serem impedidos de ultrapassar barreira sanitária da prefeitura de Formoso de Araguaia, DPE-TO apresenta Recomendação contra quaisquer procedimentos de enfrentamento ao covid-19 baseados em restrição de circulação


Jardim Vitória I

Prefeitura de Palmas divulga agenda de vistorias para os futuros moradores do Jardim Vitória I

A previsão é que as chaves das unidades habitacionais sejam entregues para os moradores até o fim deste mês


Palmas

Em sessão extraordinária, Câmara aprova nova estrutura organizacional visando atender decisão judicial

Visando cumprir a determinação judicial, como também promover o enquadramento na nova estrutura aprovada em plenário, a Câmara Municipal enviou para publicação no Diário Oficial do Município, os Atos de Exoneração nº. 209, 210 e 212.


Regulação

ATR reativa Unidades de Fiscalização nos terminais rodoviários do Estado


Preservação

Tocantins usa tecnologia para reforçar ações de preservação e educação ambiental


Fiscalização

Polícia Civil intensifica fiscalização de distanciamento social em praias da cidade de Santa Fé do Araguaia


Ocorrência

Polícia Civil do Tocantins apreende produtos que tinha sido furtados de uma igreja no Aureny III no mês de março


Sanidade

Adapec faz alerta sobre proibição do uso e comércio do herbicida paraquat a partir de 22 de setembro


Pesquisa

Tocantins soma 59 pesquisas científicas autorizadas em Unidades de Conservação estaduais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira